Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Capacidade de retenção de água do dossel vegetativo: comparação entre Mata Atlântica e plantação florestal de eucalipto

Texto completo
Autor(es):
Juliano Daniel Groppo ; Luiz Felippe Salemi ; Jorge Marcos Moraes ; Rodrigo Trevisan ; Gustavo Bicci Seghesi ; Luiz Antônio Martinelli
Número total de Autores: 6
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Ciênc. Florest.; v. 29, n. 1, p. 96-104, Mar. 2019.
Resumo

Resumo A Mata Atlântica, um dos ecossistemas mais ameaçados do planeta, reduzida atualmente a menos de 8% de sua cobertura original, necessita de atenção especial para sua melhor conservação. O objetivo do estudo foi comparar a capacidade de retenção de água do dossel vegetativo em uma microbacia coberta por Floresta Ombrófila Densa (Mata Atlântica), situada no Parque Estadual da Serra do Mar e outra com cobertura de Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis em área próxima ao Parque. O monitoramento foi realizado nos anos de 2008 e 2009 através de pluviômetros e a retenção de água do dossel florestal foi avaliada a partir de regressões lineares entre a precipitação (PR) e a precipitação interna (TR). Os resultados mostraram que com exceção da interceptação na época “seca” que apresentou os menores coeficientes de determinação (R2), sendo de 77% no eucalipto e 82% na Mata Atlântica, as variáveis apresentaram bom ajuste com a precipitação incidente com coeficientes maiores de 90%. A microbacia de Mata Atlântica obteve maior capacidade de retenção de água das copas em relação ao eucalipto, em todo o período de estudo foi observado que precipitações inferiores a 5 mm na Mata Atlântica e 0,78 mm no Eucalipto são totalmente interceptadas pelo dossel florestal e o período úmido apresentou a maior capacidade de retenção de água, provavelmente pela maior regeneração vegetal nesta época, já que no período seco a queda das folhas pode diminuir a retenção. (AU)

Processo FAPESP: 06/51488-0 - Caracterizacao hidrologica e dinamica do nitrogenio na microbacia do ribeirao do ipiranga, do parque estadual da serra do mar, nucleo santa virginia.
Beneficiário:Juliano Daniel Groppo
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo FAPESP: 06/55136-0 - Processos hidrológicos e transporte de nitrogênio em bacias com cobertura de floresta e pasto no litoral norte do Estado de São Paulo
Beneficiário:Jorge Marcos de Moraes
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular