Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do Web of Science, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Heat Shock Proteins in Glioblastoma Biology: Where Do We Stand?

Texto completo
Autor(es):
Iglesia, Rebeca Piatniczka [1] ; de Lima Fernandes, Camila Felix [1] ; Coelho, Barbara Paranhos [1] ; Prado, Mariana Brandao [1] ; Melo Escobar, Maria Isabel [1] ; Dona Rodrigues Almeida, Gustavo Henrique [1] ; Lopes, Marilene Hohmuth [1]
Número total de Autores: 7
Afiliação do(s) autor(es):
[1] Univ Sao Paulo, Inst Biomed Sci, Dept Cell & Dev Biol, BR-05508000 Sao Paulo, SP - Brazil
Número total de Afiliações: 1
Tipo de documento: Artigo de Revisão
Fonte: INTERNATIONAL JOURNAL OF MOLECULAR SCIENCES; v. 20, n. 22 NOV 2019.
Citações Web of Science: 0
Resumo

Heat shock proteins (HSPs) are evolutionary conserved proteins that work as molecular chaperones and perform broad and crucial roles in proteostasis, an important process to preserve the integrity of proteins in different cell types, in health and disease. Their function in cancer is an important aspect to be considered for a better understanding of disease development and progression. Glioblastoma (GBM) is the most frequent and lethal brain cancer, with no effective therapies. In recent years, HSPs have been considered as possible targets for GBM therapy due their importance in different mechanisms that govern GBM malignance. In this review, we address current evidence on the role of several HSPs in the biology of GBMs, and how these molecules have been considered in different treatments in the context of this disease, including their activities in glioblastoma stem-like cells (GSCs), a small subpopulation able to drive GBM growth. Additionally, we highlight recent works that approach other classes of chaperones, such as histone and mitochondrial chaperones, as important molecules for GBM aggressiveness. Herein, we provide new insights into how HSPs and their partners play pivotal roles in GBM biology and may open new therapeutic avenues for GBM based on proteostasis machinery. (AU)

Processo FAPESP: 18/15557-4 - Proteína prion e seus ligantes: potenciais alvos para terapia baseada em células-tronco de glioblastoma
Beneficiário:Marilene Hohmuth Lopes
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores - Fase 2
Processo FAPESP: 17/26158-0 - Proteína príon como um regulador de stemness em células-tronco de glioblastoma: seu papel na formação e função de plataformas multiprotéicas de sinalização
Beneficiário:Mariana Brandão Prado
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Processo FAPESP: 18/19320-9 - Estudo do perfil da expressão gênica de células-tronco embrionárias murinas haploinsuficientes para STI1 na manutenção do estado pluripotente
Beneficiário:Camila Felix de Lima Fernandes
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo FAPESP: 19/14952-0 - Caracterização de vias de sinalização intracelulares moduladas pela proteína prion na manutenção do fenótipo tronco em células-tronco de glioblastoma
Beneficiário:Bárbara Paranhos Coelho
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo FAPESP: 17/20271-0 - Estudo da proteína prion na dinâmica de módulos multiproteicos de sinalização associados a stemness de células de glioblastoma: seu papel como marcador funcional e potencial alvo terapêutico
Beneficiário:Marilene Hohmuth Lopes
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo FAPESP: 19/12710-9 - Papel da proteína prion celular na resistência a temozolomida: ênfase nos processos modulados por hipóxia
Beneficiário:Rebeca Piatniczka Iglesia
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo FAPESP: 19/11097-1 - Modulação do fenótipo neural de células-tronco de glioblastoma por miRNA extracelular de NSCs
Beneficiário:Maria Isabel Melo Escobar
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado