Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Scale of Auditory Behaviors in the monitoring of acoustically controled auditory training

Título (Português): Escala de Funcionamento Auditivo no monitoramento do treinamento auditivo acusticamente controlado
Texto completo
Autor(es):
Ana Carolina de Oliveira Sobreira ; Daniela Gil
Número total de Autores: 2
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista CEFAC; v. 23, n. 1, p. -, 2021.
Resumo

ABSTRACT Purpose: to identify the Scale of Auditory Behaviors perception after an acoustically controlled auditory training program. Methods: 23 individuals of both genders, aged 6 to 15 years, participated in this study. Inclusion criteria: to present auditory thresholds lower than 20 dBHL between 250 and 8000Hz, type A tympanometry and diagnosis of central auditory processing disorder confirmed by behavioral tests with indication of acoustically controlled auditory training which was performed in ten one-hour sessions. Hearing tests in progressively adverse listening conditions were used. In the first and last session of the acoustically controlled auditory training program, the individuals were submitted to the Scale of Auditory Behaviors. The appropriate statistical tests were applied considering a p-value less than 0.05. Results: questions Q1, Q2, Q4, Q7, Q8 and Q11 showed statistically significant results and improvement in behaviors after the acoustically controlled auditory training. On the other hand, questions Q3 and Q10 showed a tendency towards significance and the total score in the post time period increased in relation to the pre-moment, pointing to a statistically significant difference that represents complaint reductions. Conclusion: the subjective perception of the individuals and their family members could be identified by the application of SAB in the pre and post auditory training, revealing an improvement in auditory and attention behaviors. (AU)

Resumo

RESUMO Objetivo: identificar a percepção subjetiva por meio da Escala de Funcionamento Auditivo após um programa de treinamento auditivo acusticamente controlado. Métodos: participaram deste estudo 23 indivíduos de ambos os sexos, na faixa etária de 6 a 15 anos. Critérios de inclusão: apresentar limiares auditivos menores do que 20 dBNA entre 250 e 8000 Hz, timpanometria com curvas tipo A e diagnóstico de transtorno de processamento auditivo central confirmado por testes comportamentais com indicação de treinamento auditivo acusticamente controlado. O treinamento auditivo acusticamente controlado foi realizado em dez sessões com duração de uma hora cada. Foram utilizados testes auditivos apresentados em condições de escuta progressivamente adversas. Na primeira e na última sessão do treinamento auditivo acusticamente controlado os indivíduos foram submetidos à aplicação da Escala de Funcionamento Auditivo - SAB. Foram aplicados os testes estatísticos apropriados, considerando-se valor de p menor que 0,05. Resultados: as questões Q1, Q2, Q4, Q7, Q8 e Q11 demonstraram resultados estatisticamente significantes, evidenciando melhora dos comportamentos após o treinamento auditivo acusticamente controlado. Já as questões Q3 e Q10 apresentaram tendência á significância e a pontuação total no momento pós aumentou em relação ao momento pré, demonstrando diferença estatisticamente significante representando uma redução nas queixas. Conclusão: a percepção subjetiva do indivíduo e de seus familiares foi passível de ser identificada pela aplicação da Escala de Funcionamento Auditivo no pré e pós Treinamento Auditivo Acusticamente Contolado, revelando melhora dos comportamentos auditivos e de atenção. (AU)

Processo FAPESP: 14/19827-5 - Treinamento auditivo formal: questionários de autoavaliação
Beneficiário:Ana Carolina de Oliveira Sobreira
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado