Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

A dessacralização das Ciências Sociais da Religião no Brasil nas trilhas de Weber, Bourdieu e Pierucci

Texto completo
Autor(es):
Renan William dos Santos
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Tempo Social, revista de sociologia da USP; v. 32, n. 3, p. 399-420, Dez. 2020.
Resumo

Resumo O artigo procura reconstruir a repercussão da crítica bourdieusiana à produção sociológica sobre os fenômenos religiosos, a qual aponta para a dificuldade que perpassa o envolvimento do pesquisador com seu objeto de estudo. Na sociologia da religião praticada no Brasil, tal crítica suscitou (e ainda suscita) intenso debate, sobretudo após ter sido mobilizada com intenção declaradamente polemista por um dos ícones dessa área no contexto nacional, Antônio Flávio Pierucci. A intenção aqui é não apenas analisar como a discussão se desdobrou e os argumentos mobilizados ao longo da controvérsia, mas também reafirmar a importância dos postulados de Bourdieu, defendendo a pertinência de seu uso na interpretação da dinâmica religiosa em nosso país. (AU)

Processo FAPESP: 17/24842-1 - Orientações religiosas sobre a conduta ecológica: a adesão ambientalista nas religiões católica e evangélicas no Brasil
Beneficiário:Renan William dos Santos
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado