Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Institutional care for children and adolescents that use drugs

Título (Português): Cuidado institucional a crianças e adolescentes usuários de drogas
Texto completo
Autor(es):
Julia Corrêa GOMES ; Fernanda Kimie Tavares MISHIMA-GOMES ; Clarissa Mendonça CORRADI-WEBSTER
Número total de Autores: 3
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Estudos de Psicologia (Campinas); v. 38, p. -, 2021.
Resumo

Abstract The literature highlights the existence of weaknesses in the psychosocial care network, especially in the treatment of children and adolescents that use drugs. The study aimed to comprehend, based on the Winnicottian theoretical framework, how a Residential Care Unit has been providing care to children and adolescents with needs arising from drugs use in situations of social vulnerability. Semi-structured interviews, with eight care providers, and 65 hours of participant observation were carried out. From the thematic analysis, three themes were constructed: (1) Setting: regarding attention to basic needs and construction of a routine; (2) View: regarding empathy and expansion of perspectives; (3) Aggressiveness: regarding new ways of relating. Important actions are aimed at constructing care for this specific population, as this is a current theme with recent and weakly structured public policies. (AU)

Resumo

Resumo A literatura aponta para a existência de fragilidades na rede de atenção psicossocial, sobretudo, no tratamento de crianças e de adolescentes usuários de drogas. Este estudo teve como objetivo compreender, a partir do referencial teórico winnicottiano, como uma Unidade de Acolhimento infantojuvenil vem oferecendo cuidado a crianças e a adolescentes com necessidades decorrentes do uso de drogas e em situação de vulnerabilidade social. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com oito profissionais e 65 horas de observação participante. A partir da análise temática foram construídos três temas: (1)Ambiente: sobre atenção às necessidades básicas e construção de rotina; (2) Olhar: sobre empatia e ampliação de perspectivas; (3) Agressividade: sobre novas formas de se relacionar. São discutidas ações que visam à construção do cuidado para essa população específica já que essa é uma temática atual com políticas públicas recentes e fragilmente estruturadas. (AU)

Processo FAPESP: 17/11869-9 - Articulação do cuidado a crianças e adolescentes usuárias de drogas: estudo de caso em uma unidade de acolhimento
Beneficiário:Julia Corrêa Gomes
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado