Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Estrutura dinâmica das contracorrentes equatoriais do Oceano Atlântico ao longo de 44W

Texto completo
Autor(es):
Urbano Neto, Domingos Fernandes [1] ; Silveira, Ilson Carlos Almeida da
Número total de Autores: 2
Afiliação do(s) autor(es):
[1] Universidade de São Paulo (USP). Instituto Oceanográfico. Departamento de Oceanografia Física, Química e Geológica - Brasil
Número total de Afiliações: 2
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista Brasileira de Geofísica; v. 21, n. 2, p. 145-161, maio-jun. 2005.
Área do conhecimento: Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia
Assunto(s):Dinâmica litorânea   Correntes oceânicas
Resumo

Estudos teóricos ou baseados em modelagem numérica indicam que a estrutura vertical do oceano tropical é dominada pelos dois primeiros modos baroclínicos. Entretanto, faltam resultados quantitativos que mostrem efetivamente a dominância destes modos através de comparações com observações de velocidade no Oceano Atlântico. Neste artigo, utilizamos perfilagens de Conductivity-Temperature-Depth (CTD) simultâneas às de velocidade (Pegasus), realizadas durante o Projeto Western Tropical Atlantic Experiment (WESTRAX), para avaliar a estrutura modal das contra-correntes equatoriais ao longo de 44W: as Contracorrentes Norte Equatorial (CCNE) e Subcorrente Norte Equatorial (SNE). Os resultados mostram que, de fato, os dois primeiros modos baroclínicos são mais importantes que o modo barotrópico e os demais modos baroclínicos. A soma dos três primeiros modos dinâmicos explica cerca de 50% da estrutura vertical das correntes...(AU)

Processo FAPESP: 02/07292-2 - Dinâmica da contra corrente norte equatorial na região oeste do Oceano Atlântico
Beneficiário:Domingos Fernandes Urbano Neto
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Processo FAPESP: 00/06985-9 - Avaliação da estrutura de velocidade da Corrente Norte do Brasil gerada com a versão seccional do Modelo Oceânico da Universidade de Princeton
Beneficiário:Ilson Carlos Almeida da SIlveira
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular