Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Spatial analysis of urban violence based on emergency room data

Título (Português): Análise espacial da violência urbana baseada em dados de pronto-socorro
Texto completo
Autor(es):
Liliam Pereira de Lima ; Julio da Motta Singer ; Paulo Hilário do Nascimento Saldiva
Número total de Autores: 3
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista de Saúde Pública; v. 42, n. 4, p. 648-655, Ago. 2008.
Resumo

OBJECTIVE: To estimate the spatial intensity of urban violence events using wavelet-based methods and emergency room data. METHODS: Information on victims attended at the emergency room of a public hospital in the city of São Paulo, Southeastern Brazil, from January 1, 2002 to January 11, 2003 were obtained from hospital records. The spatial distribution of 3,540 events was recorded and a uniform random procedure was used to allocate records with incomplete addresses. Point processes and wavelet analysis technique were used to estimate the spatial intensity, defined as the expected number of events by unit area. RESULTS: Of all georeferenced points, 59% were accidents and 40% were assaults. There is a non-homogeneous spatial distribution of the events with high concentration in two districts and three large avenues in the southern area of the city of São Paulo. CONCLUSIONS: Hospital records combined with methodological tools to estimate intensity of events are useful to study urban violence. The wavelet analysis is useful in the computation of the expected number of events and their respective confidence bands for any sub-region and, consequently, in the specification of risk estimates that could be used in decision-making processes for public policies. (AU)

Resumo

OBJETIVO: Estimar a intensidade espacial de eventos violentos utilizando metodologia estatística baseada em ondaletas (wavelets) e em dados de pronto-socorro. MÉTODOS: Foram analisados dados referentes a vítimas de causas externas atendidas em pronto-socorro municipal localizado na zona Sul da cidade de São Paulo (SP) no período de 1/1/2002 a 11/1/2003. As informações foram obtidas a partir dos registros hospitalares. As 3.540 ocorrências foram localizadas geograficamente e os casos com endereço incompleto foram alocados com base numa escolha aleatória uniforme. Processos pontuais e técnicas de ondaletas foram utilizados para estimar a intensidade espacial, definida como o número esperado de eventos por unidade de área. RESULTADOS: Do total de ocorrências georreferenciadas, 59% foram acidentes e 40% agressões. A intensidade estimada indica que a distribuição espacial dos eventos não é homogênea, concentrando-se em dois distritos e três grandes avenidas localizados na zona Sul da cidade de São Paulo. CONCLUSÕES: A utilização de ondaletas permite obter o número esperado de eventos e respectiva banda de confiança para quaisquer sub-regiões e, conseqüentemente, calcular estimativas dos riscos de ocorrência dos eventos de interesse, fornecendo subsídios para a definição de políticas para o enfrentamento da violência urbana. Dados hospitalares combinados com a metodologia para estimação da intensidade de ocorrência provaram-se úteis para estudar a violência urbana. (AU)

Processo FAPESP: 01/12913-3 - Epidemiologia da violência criminal na cidade de São Paulo: uma abordagem em macro e microescalas
Beneficiário:Paulo Hilário Nascimento Saldiva
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas
Processo FAPESP: 04/15304-6 - Modelos de regressão e aplicações
Beneficiário:Heleno Bolfarine
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Temático