Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Copepods (Crustacea, Maxillopoda) from shallow reservoirs

Título (Português): Copépodes (Crustacea, Maxillopoda) em reservatórios rasos
Texto completo
Autor(es):
Maria Stela Maioli Castilho-Noll ; Carolina Figueira Câmara ; Maira Favaron Chicone ; Érico Hissashi Shibata ; Ligia Roma Stephan
Número total de Autores: 5
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Acta Limnol. Bras.; v. 24, n. 2, p. 149-159, Jun. 2012.
Resumo

AIM: Among the planktonic microcrustaceans, copepods Cyclopoida and Calanoida are the most representative groups, being the largest biomass of the plankton community. The aim of this work is to catalogue and analyze the distribution of copepod species (Crustacea, Maxillopoda) in pelagic and littoral zones from small reservoirs in the northwest of the São Paulo State, in dry and rainy seasons (2007 and 2009). METHODS: Zooplankton samplings were carried out in littoral and pelagic zones of 13 small shallow reservoirs (mean depth: 2.6 m) using vertical hauls and plankton net (45 µm). Water physical and chemical parameters were also monitored with a multiparameter Horiba® U10. RESULTS: Eighteen species of copepods were identified, 13 Cyclopoida and 5 Calanoida. There was no statistical difference between the distributions of species from the littoral and pelagic zones and neither between dry and rainy seasons. Three species occurred exclusively in the littoral zone - Eucyclops elegans, Paracyclops chiltoni and Mesocyclops ogunnus. Tropocyclops prasinus and Thermocyclops decipiens were the most frequent species in the studied environments. CONCLUSION: Our data suggest that in shallow reservoirs copepods present a homogeneous distribution between the littoral and pelagic zones and Cyclopoida are more diverse than Calanoida. Shallow depths and eutrophic state may be regarded as limiting conditions for the development of Calanoida in these reservoirs. (AU)

Resumo

OBJETIVO: Dentre os microcrustáceos planctônicos, os copépodes Cyclopoida e Calanoida são um dos grupos mais representativos, contribuindo com a maior biomassa para a comunidade planctônica. O presente trabalho tem o objetivo de caracterizar as comunidades de copépodes (Crustacea, Maxillopoda) pelágicos e litorâneos presentes em pequenos reservatórios na região noroeste do Estado de São Paulo, nas estações seca e chuvosa de 2007 a 2009. MATERIAL E MÉTODOS: As amostragens foram realizadas tanto na zona litorânea quanto pelágica de 13 pequenos reservatórios rasos (média de 2,6 m), através de arrastos verticais com rede de plâncton (45 µm). Parâmetros físicos e químicos da água também foram avaliados utilizando-se o aparelho Horiba® U10. RESULTADOS: Foram identificadas 18 espécies de copépodes, sendo 13 Cyclopoida e 5 Calanoida. Não houve diferença estatística entre as distribuições das espécies nas zonas litorâneas e pelágicas bem como entre as estações. Três espécies ocorreram exclusivamente na zona litorânea - Eucyclops elegans, Paracyclops chiltoni e Mesocyclops ogunnus. As espécies Tropocyclops prasinus e Thermocyclops decipiens foram as mais frequentes nos ambientes estudados. CONCLUSÃO: Nossos dados sugerem que, em reservatórios rasos, Copepoda não apresenta diferenças significativas na ocupação das regiões litorânea e pelágica e que a diversidade de Cyclopoida é maior do que Calanoida. Características tais como baixa profundidade e estado eutrófico podem ser consideradas como condições limitantes para o desenvolvimento de espécies de Calanoida nesses reservatórios estudados. (AU)

Processo FAPESP: 04/04820-3 - Fauna e flora de fragmentos florestais remanescentes no noroeste paulista: base para estudos de conservação da biodiversidade
Beneficiário:Orlando Necchi Junior
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Temático
Processo FAPESP: 07/05134-4 - Relações entre os atributos da comunidade zooplanctônica e as características físicas e químicas da água em diferentes ambientes lênticos: diferenças inter e intra lagoas
Beneficiário:Maria Stela Maioli Castilho Noll
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado