Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

The Styracaceae

Título (Português): Styracaceae
Texto completo
Autor(es):
Pauletti, Patrícia M. ; Teles, Helder L. ; Silva, Dulce H. S. ; Araújo, Ângela R. ; Bolzani, Vanderlan S. [5]
Número total de Autores: 5
Tipo de documento: Artigo de Revisão
Fonte: REVISTA BRASILEIRA DE FARMACOGNOSIA-BRAZILIAN JOURNAL OF PHARMACOGNOSY; v. 16, n. 4, p. 576-590, Out.-Dec. 2006.
Área do conhecimento: Ciências Exatas e da Terra - Química
Assunto(s):Fitoquímica   Styracaceae   Styrax   Lignanas
Resumo

The Styracaceae contains 11 genera and approximately 160 species consisting of small trees and shrubs, mostly native to tropical and subtropical regions. This family is well-known by the genus Styrax, which is notorious due to the production of resinous material, a pathological product, harvested by making incisions into the trees bark. The gum is used in perfumes, as antiseptic, expectorant, incense, and fumigating material. This paper reviews the phytochemical and biological studies carried out on 11 species of this family. A total of 92 papers were consulted, and 130 compounds were described, thus these data indicate that Styrax is by far the largest genus in the family, and the only which has been extensively investigated. (AU)

Resumo

Styracaceae possui 11 gêneros e aproximadamente 160 espécies, sendo árvores e arbustos, distribuídos nas regiões tropicais e subtropicais. Esta família é conhecida principalmente devido ao gênero Styrax, que é notório pela produção de um material resinoso, produto patológico, coletado a partir de incisões realizadas no caule. Esta goma é usada em perfumes, como anti-séptico, expectorante, incenso e material fumegante. Este artigo reúne os estudos fitoquímicos e biológicos realizados em 11 espécies desta família. Foram consultados 92 artigos e levantadas 130 substâncias, que indicaram que Styrax é o maior gênero desta família e o único que foi extensivamente investigado. (AU)

Processo FAPESP: 03/02176-7 - Conservação e uso sustentável da diversidade do Cerrado e da Mata Atlântica: diversidade química e prospecção de medicamentos potenciais - fase II
Beneficiário:Vanderlan da Silva Bolzani
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Temático