Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Estrutura e composição florística de um Cerrado sensu stricto e sua importância para propostas de restauração ecológica

Texto completo
Autor(es):
Paula Reys ; Maria Gabriela Gutierrez de Camargo ; Maria Tereza Grombone-Guaratini ; Aloysio de Pádua Teixeira ; Marco Antonio Assis ; Leonor Patricia Cerdeira Morellato
Número total de Autores: 6
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Hoehnea; v. 40, n. 3, p. 449-464, Set. 2013.
Resumo

Bordas são áreas de transição entre dois ecossistemas e podem ter origem natural ou antrópica. A influência de borda inclui tanto os efeitos diretos, relacionados às alterações microambientais, como os efeitos indiretos que afetam as interações entre espécies. Adicionalmente, estudos sugerem que a orientação cardinal pode modificar os efeitos microambientais da borda. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência de borda sobre os fatores microambientais, as condições edáficas locais, a densidade e a riqueza de espécies em um Cerrado sensu stricto em Itirapina, SP, Brasil. Especificamente, nós investigamos se as características microambientais (umidade relativa do ar (%), radiação fotossinteticamente ativa (PAR), temperatura e porcentagem de abertura de dossel), as condições edáficas e a composição da vegetação diferem entre parcelas (36 parcelas de 25 × 2 m distanciadas 50 m entre si) distribuídas na borda e no interior, orientadas a leste e a sul do Cerrado estudado. Todos os indivíduos lenhosos com circunferência a 30 cm da base do caule ≥ 3 cm foram amostrados e marcados. As variáveis microambientais e as amostras de solo para análises químicas e granulométricas (0-20 cm de profundidade) foram coletadas em três pontos de cada parcela. Foi registrado um total de 120 espécies distribuídas em 40 famílias. Dentre os parâmetros estruturais da vegetação, somente a densidade absoluta foi significativamente maior no interior sul do fragmento. As variáveis microambientais diferiram significativamente entre as faces leste e sul, mas não entre borda e interior. Os parâmetros microambientais e estruturais não caracterizaram uma influência da borda. Entretanto, a orientação cardinal leste e sul e fatores microambientais associados, e a presença de determinados nutrientes no solo como o Mn, influenciaram a estrutura da vegetação de Cerrado e a sua composição em espécies. Nossos resultados ressaltam a importância de considerar a orientação cardinal, além da composição de nutrientes no solo, e dos fatores microambientais, para compreender as variações da vegetação em escala local. (AU)

Processo FAPESP: 10/01762-3 - Padrões de frutificação e diversidade na produção, cor e composição química de frutos do cerrado: uma visão integrada
Beneficiário:Maria Gabriela Gutierrez de Camargo
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo FAPESP: 07/59779-6 - Estudo comparativo da diversidade e da fenologia reprodutiva e vegetativa entre borda e interior num fragmento de Cerrado em Itirapina, São Paulo
Beneficiário:Leonor Patricia Cerdeira Morellato
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo FAPESP: 05/57740-0 - Efeito de borda no padrão de frutificação e síndromes de dispersão em uma área de cerrado sensu stricto-itirapina, SP
Beneficiário:Maria Gabriela Gutierrez de Camargo
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado