Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Isolation and characterization of equine peripheral blood-derived multipotent mesenchymal stromal cells

Título (Português): Isolamento e caracterização das células mesenquimais multipotentes estromais derivadas do sangue periférico equino
Texto completo
Autor(es):
Carvalho, Armando de M. [1] ; Yamada, Ana Lucia M. [1] ; Martins, Juliana R. B. [2] ; Maia, Leandro [3] ; Golim, Marjorie A. [2] ; Deffune, Elenice [2] ; Hussni, Carlos A. [1] ; Alves, Ana Liz G. [1]
Número total de Autores: 8
Afiliação do(s) autor(es):
[1] Univ Estadual Paulista Unesp, Dept Cirurgia & Anestesiol Vet, Fac Med Vet & Zootecnia FMVZ, BR-18618970 Botucatu, SP - Brazil
[2] UNESP, FMB, Hemoctr, Botucatu, SP - Brazil
[3] FMVZ Unesp, Dept Clin Vet, Botucatu, SP - Brazil
Número total de Afiliações: 3
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Pesquisa Veterinária Brasileira; v. 33, n. 9, p. 1151-1154, Set. 2013.
Citações Web of Science: 3
Resumo

The objective of the study was to isolate, cultivate and characterize equine peripheral blood-derived multipotent mesenchymal stromal cells (PbMSCs). Peripheral blood was collected, followed by the isolation of mononuclear cells using density gradient reagents, and the cultivation of adherent cells. Monoclonal mouse anti-horse CD13, mouse anti-horse CD44, and mouse anti-rat CD90 antibodies were used for the immunophenotypic characterization of the surface of the PbMSCs. These cells were also cultured in specific media for adipogenic and chondrogenic differentiation. There was no expression of the CD13 marker, but CD44 and CD90 were expressed in all of the passages tested. After 14 days of cell differentiation into adipocytes, lipid droplets were observed upon Oil Red O (ORO) staining. Twenty-one days after chondrogenic differentiation, the cells were stained with Alcian Blue. Although the technique for the isolation of these cells requires improvement, the present study demonstrates the partial characterization of PbMSCs, classifying them as a promising type of progenitor cells for use in equine cell therapy. (AU)

Resumo

O objetivo deste estudo foi isolar, cultivar e caracterizar as células mesenquimais multipotentes estromais derivadas do sangue periférico (SpCTMs) equino. O sangue periférico foi coletado, seguido do isolamento das células mononucleadas utilizando o reagente de gradiente de densidade e o cultivo das células aderentes. Os anticorpos monoclonais mouse anti-horse CD13, mouse anti-horse CD44 e mouse anti-rat CD90 foram utilizados para a caracterização imunofenotípica da superfície das SpCTMs. Estas células também foram cultivadas utilizando meio de cultura específico para a diferenciação adipogênica e condrogênica. Não houve expressão do marcador CD13, mas os marcadores CD44 e CD90 foram expressos em todas as passagens testadas. Após 14 dias da diferenciação das células em adipócitos, gotículas de lipídeos foram observados através da coloração com Oil Red O. Vinte e um dias após a diferenciação condrogênica, as células foram coradas com o Alcian Blue. Embora a técnica de isolamento destas células necessite ser otimizada, o presente estudo demonstra a caracterização parcial das SpCTMs, classificando-as como um tipo de células progenitoras promissoras para o uso na terapia celular em equinos. (AU)

Processo FAPESP: 09/10670-8 - Implante de células-tronco mesenquimais autólogas, associadas ao plasma rico em plaquetas em tendinites experimentais de equinos
Beneficiário:Armando de Mattos Carvalho
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado