Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

O controle de características genéticas humanas através da institucionalização de práticas socioculturais eugênicas

Texto completo
Autor(es):
Valdeir del Cont
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Scientiae Studia; v. 11, n. 3, p. 511-530, 2013.
Resumo

Uma das características do movimento eugênico foi a formação de uma estrutura institucionalizada. Tal característica inicia-se com Francis Galton, mas é nos Estados Unidos que adquire a formatação institucional que servirá de modelo para as várias iniciativas eugênicas em outras partes do mundo. Neste texto, pretendemos analisar algumas condições que contribuíram para a eugenia ser apresentada como uma proposta científica de controle social de traços ou características consideradas geneticamente determinadas. (AU)

Processo FAPESP: 09/15627-3 - Manipulação E controle DA vida: às implicações dás práticas biomédicas e dò conhecimento biotecnológico e genômico nós debates antropológicos acerca dás representações simbólico-valorativas sôbre beleza, corpo, saúde, vida e morte
Beneficiário:Valdeir Donizete Del Cont
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado