Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Emergence of Reading and Writing in Illiterate Adults After Matching-to-Sample Tasks

Título (Português): Emergência de Leitura e Escrita em Adultos Analfabetos Após Tarefas de Matching-to-Sample
Texto completo
Autor(es):
Carmen Silvia Motta Bandini ; Heloisa Helena Motta Bandini ; Ana Carolina Sella ; Deisy das Graças de Souza
Número total de Autores: 4
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Paidéia; v. 24, n. 57, p. 75-84, Abr. 2014.
Resumo

Reading and writing are behaviors that provide an individual with the opportunity for inclusion in many social environments. Despite the importance of these behaviors, statistical indices show that, in Brazil, 8.6% of the people aged 15-24 are illiterate. The purpose of this manuscript, which is divided into two studies, was to assess the effects of a Portuguese language reading curriculum for simple (Study 1) and complex words (Study 2) in illiterate adults. Four participants took part in each study. In both studies, reading was taught mainly by training dictated words to printed words relations. Overall, there was an increase in the percentage of correct responses in reading and writing tasks when pre-tests and post-tests were compared; results were more consistent in reading tasks. Future studies should continue to investigate procedures with these goals for this population. (AU)

Resumo

Ler e escrever são comportamentos que proporcionam a inserção dos indivíduos em grande parte dos ambientes sociais. Apesar de sua importância, índices mostram que, no Brasil, 8,6% das pessoas com idades entre 15 e 24 anos são analfabetas. O presente artigo, dividido em dois estudos, teve como objetivo avaliar os efeitos de um currículo de ensino de leitura de palavras simples (Estudo 1) e de palavras complexas (Estudo 2) da língua portuguesa para adultos analfabetos. Cada estudo teve quatro participantes. Em ambos os estudos a leitura foi ensinada primordialmente pelo treino de relações entre palavras ditadas e palavras impressas. De forma geral, houve aumento na porcentagem de acertos em leitura e em escrita manuscrita quando comparados os desempenhos do pré-teste e dos demais testes, sendo os resultados mais consistentes nas tarefas de leitura. Estudos futuros devem continuar as investigações acerca de procedimentos com estes objetivos para esta população. (AU)

Processo FAPESP: 08/57705-8 - Instituto de Estudos sobre Comportamento, Cognição e Ensino
Beneficiário:Deisy das Graças de Souza
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Temático