Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Frugivoria e especificidade por hospedeiros na erva-de-passarinho Phoradendron rubrum (L.) Griseb. (Viscaceae)

Texto completo
Autor(es):
Eliana Cazetta ; Mauro Galetti
Número total de Autores: 2
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: BRAZILIAN JOURNAL OF BOTANY; v. 30, n. 2, p. 345-351, Jun. 2007.
Resumo

Investigou-se o comportamento das aves dispersoras e as características individuais dos hospedeiros que podem afetar a presença e abundância das ervas-de-passarinho (Viscaceae) na Floresta Estadual Edmundo Navarro de Andrade, Rio Claro, São Paulo - Brasil. Durante 90 horas de observações focais foram registradas 280 visitas de aves, sendo Euphonia chlorotica e E. cyanocephala os principais dispersores, responsáveis por 98,21% das visitas. foi observado parasitando apenas duas espécies de árvores: Tabebuia ochracea (Cham.) Standl. (Bignoniaceae) e Melia azedarach L. (Meliaceae). A localização na copa do hospedeiro e o tamanho do galho de inserção afetam a presença de infestações. As ervas-de-passarinho são encontradas principalmente no estrato superior da copa e em classes de diâmetro pequenas (entre 1,1 e 2,0 cm). As características relacionadas ao tamanho do hospedeiro (altura, DAP e diâmetro da copa) também estão relacionadas com o número de infestações. A presença e abundância das ervas-de-passarinho pode ser influenciada pelo comportamento dos dispersores e pelas características dos hospedeiros. (AU)

Processo FAPESP: 00/14875-9 - Frugivoria e dispersão de sementes das ervas-de-passarinho "Phoradendron rubrum" (viscaceae) e "strutanthus SP." (Loranthaceae) por aves no Horto Florestal, Navarro de Andrade, Rio Claro, SP
Beneficiário:Eliana Cazetta
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Iniciação Científica