Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Fusão de imagens altimétricas e aeromagnetométricas como ferramenta de interpretação geológica, exemplo da Província Mineral de Carajás (PA)

Texto completo
Autor(es):
Cleyton de Carvalho Carneiro ; Alvaro Penteado Crósta ; Adalene Moreira Silva ; Roberto Vizeu Lima Pinheiro
Número total de Autores: 4
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista Brasileira de Geofísica; v. 24, n. 2, p. 261-271, Jun. 2006.
Resumo

A Província Mineral de Carajás localiza-se na parte sudeste do Cráton Amazônico, estado do Pará. É composta por dois domínios tectônicos principais, representados pelos sistemas transcorrentes Carajás e Cinzento. Parte significativa das ocorrências minerais da referida província está vinculada geologicamente a estruturas que compõem esses dois sistemas de falhas. Este trabalho apresenta os resultados obtidos da interpretação realizada a partir da fusão de dados magnetométricos e altimétricos, como ferramenta auxiliar na compreensão do quadro estrutural relacionado à Falha Carajás. Foram utilizadas as imagens orbitais do modelo digital de elevação, gerado a partir dos dados altimétricos orbitais da Shuttle Radar Topographic Mission (SRTM), e dos dados aeromagnetométricos do Projeto Geofísico Brasil-Canadá (PGBC). Para atingir os objetivos propostos foi desenvolvido um método de processamento e fusão dos dados provenientes dos dois levantamentos, geofísico e altimétrico, a partir de técnicas de processamento geofísico e de imagens digitais de sensoriamento remoto. Os resultados obtidos permitiram estabelecer a relação das feições interpretadas a partir da imagem de fusão com os principais domínios geomorfológicos e magnéticos reconhecidos na região. Estes resultados demonstram o potencial de aplicação desses métodos na análise de outras áreas com características metalogenéticas similares às da Amazônia, como forma de facilitar e orientar programas regionais de exploração mineral. (AU)

Processo FAPESP: 02/11984-7 - Analise dos elementos estruturais que compoem a falha carajas a partir da interpretacao de imagens de sensores remotos.
Beneficiário:Cleyton de Carvalho Carneiro
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado