Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Embryonic development and duration of incubation period of tropical intertidal hermit crabs (Decapoda, Anomura)

Título (Português): Desenvolvimento embrionário e duração do período de incubação de caranguejos ermitões tropicais do entremarés (Decapoda, Anomura)
Texto completo
Autor(es):
Alexander Turra ; Fosca Pedini Pereira Leite
Número total de Autores: 2
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista Brasileira de Zoologia; v. 24, n. 3, p. 677-686, 2007.
Resumo

The description of the embryonic development of the hermit crabs Clibanarius antillensis Stimpson, 1859, C. sclopetarius (Herbst, 1796), C. vittatus (Bosc, 1802), and Pagurus criniticornis (Dana, 1852) and preliminary observations on the development of Pagurus brevidactylus (Stimpson, 1858) and Paguristes tortugae Schmitt, 1933 were done. The analysis of the external morphology of the embryos of the studied species allowed the identification of seven stages: Stage 1, Zygote and cleavage; Stage 2, Homogeneous mass (advanced cleavage and gastrulation); Stage 3, Initiation of the germinal disc (yolk-free area); Stage 4, Percentage of yolk-free area from 5% to 50-70%; Stage 5, Eye pigmentation (comma-shape) and heart beating; Stage 6, Percentage of yolk-free area from 70-80% to 95%) and eye development to a darkened irregularly-rounded shape; Stage 7, Zoea visible and hatching. Despite all stages were recorded in all species, interespecific differences were recorded in relation to zygote size and embryo color; cleavage, absolute and relative developmental time, and moment eye pigmentation appeared. Such morphological differences may be associated to variations in the yolk amount and composition and reveal different reproductive strategies at least between P. criniticornis and all studied species of Clibanarius. (AU)

Resumo

A descrição do desenvolvimento embrionário dos ermitões Clibanarius antillensis Stimpson, 1859, C. sclopetarius (Herbst, 1796), C. vittatus (Bosc, 1802) e Pagurus criniticornis (Dana, 1852) e observações preliminares sobre o desenvolvimento de Pagurus brevidactylus (Stimpson, 1858) e Paguristes tortugae Schmitt, 1933 foram realizadas. A análise da morfologia externa dos embriões das espécies estudadas permitiu a identificação de sete estágios: Estágio 1, Zigoto e clivagem; Estágio 2, Massa homogênea (clivagem avançada e gastrulação); Estágio 3, início da formação do disco germinal (área livre de vitelo); Estágio 4, Porcentagem da área livre de vitelo de 5% a 50-70%; Estágio 5, Pigmentação do olho (forma de vírgula) e batimentos cardíacos; Estágio 6, Porcentagem da área livre de vitelo de 70-80% to 95%) e desenvolvimento do olho para uma forma escurecida e irregularmente arredondada; Estágio 7, Zoea visível e eclosão. Embora todos os estágios tenham sido registrados em todas as espécies, diferenças interespecíficas foram registradas com relação ao tamanho do zigoto e coloração do embrião, clivagem, tempo de desenvolvimento absoluto e relativo e momento em que a pigmentação do olho apareceu. Estas diferenças morfológicas podem estar associadas variações na quantidade e composição do vitelo e revelam diferenças nas estratégias reprodutivas pelo menos entre P. criniticornis e as espécies de Clibanarius estudadas. (AU)

Processo FAPESP: 98/00483-0 - Crescimento, seleção de conchas, predação e reprodução dos ermitões da região do Araçá, São Sebastião, SP
Beneficiário:Alexander Turra
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado