Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Tropical agriculture and global warming: impacts and mitigation options

Título (Português): Agricultura tropical e aquecimento global: impactos e opções de mitigação
Texto completo
Autor(es):
Carlos Eduardo P. Cerri ; Gerd Sparovek ; Martial Bernoux ; Willian E. Easterling ; Jerry M. Melillo ; Carlos Clemente Cerri
Número total de Autores: 6
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Scientia Agricola; v. 64, n. 1, p. 83-99, Fev. 2007.
Resumo

The intensive land use invariably has several negative effects on the environment and crop production if conservative practices are not adopted. Reduction in soil organic matter (SOM) quantity means gas emission (mainly CO2, CH4, N2O) to the atmosphere and increased global warming. Soil sustainability is also affected, since remaining SOM quality changes. Alterations can be verified, for example, by soil desegregation and changes in structure. The consequences are erosion, reduction in nutrient availability for the plants and lower water retention capacity. These and other factors reflect negatively on crop productivity and sustainability of the soil-plant-atmosphere system. Conversely, adoption of "best management practices", such as conservation tillage, can partly reverse the process - they are aimed at increasing the input of organic matter to the soil and/or decreasing the rates at which soil organic matter decomposes. (AU)

Resumo

O uso intensivo da terra invariavelmente causa efeitos negativos ao ambiente e produção agrícola se práticas conservativas não forem adotadas. Redução na quantidade de matéria orgânica do solo significa emissão de gases (principalmente CO2, CH4, N2O) para a atmosfera e aumento do aquecimento global. A sustentabilidade do solo é também afetada, uma vez que a qualidade da matéria orgânica remanescente muda. Alterações podem ser verificadas, por exemplo, pela desagregação do solo e mudança na sua estrutura. As consequências são erosão, redução na disponibilidade de nutrientes para as plantas e baixa capacidade de retenção de água no solo. Estes e outros fatores refletem negativamente na produtivade das culturas e sustentabilidade do sistema solo-planta-atmosfera. Ao contrário, a adoção de boas práticas de manejo, tal como o sistema plantio direto, pode parcialmente reverter o processo, uma vez que objetiva o aumento das entradas de material orgânico no solo e/ou diminuição das taxas de decomposição da matéria orgânica do solo. (AU)

Processo FAPESP: 05/60255-6 - Modelagem da dinâmica da matéria orgânica do solo na zona de expansão agrícola do Sudoeste da Amazônia: base para pesquisas em mudanças climáticas globais
Beneficiário:Carlos Eduardo Pellegrino Cerri
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores