Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Reprodutibilidade e validade do questionário de freqüência de consumo alimentar utilizado em estudo caso-controle de câncer oral

Texto completo
Autor(es):
Hellen Chrystine Zanetti Matarazzo ; Dirce Maria Lobo Marchioni ; Rejane Augusta de Oliveira Figueiredo ; Betzabeth Slater ; José Eluf Neto ; Victor Wünsch Filho
Número total de Autores: 6
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista Brasileira de Epidemiologia; v. 9, n. 3, p. 316-324, Set. 2006.
Resumo

O objetivo deste trabalho foi verificar a reprodutibilidade e validade do questionário de freqüência de consumo alimentar utilizado no Estudo Latino-Americano sobre Câncer Oral e de Laringe. Uma amostra de 35 indivíduos, considerados controle no Estudo Latino-Americano, foi entrevistada por telefone. Foi reaplicado o questionário de freqüência idêntico ao do Estudo Latino-Americano e aplicado um recordatório de 24 horas. A reprodutibilidade foi avaliada pela comparação do consumo alimentar obtido nos dois questionários de freqüência, e a validade pela comparação do consumo obtido no recordatório de 24 horas e no segundo questionário de freqüência. Na comparação entre os questionários foi utilizado o teste de Wilcoxon para medir as diferenças no consumo, o coeficiente de Spearman para avaliar as correlações, a correlação intraclasse para estimar a variação intrapessoal, e o teste Kappa para avaliar a concordância no consumo. Na análise da reprodutibilidade ocorreram diferenças estatisticamente significantes para o consumo de massas e leguminosas. Na análise da validade ocorreram diferenças estatisticamente significantes para manteiga, tubérculos, frango, hortaliças, leguminosas e frutas, sendo que, em geral, o questionário de freqüência superestimou o consumo destes grupos de alimentos. A concordância de classificação por tercis variou de 40% a 80% entre os dois questionários de freqüência, e de 31% a 74% entre o recordatório e o segundo questionário de freqüência. Os resultados indicam que o questionário de freqüência utilizado no Estudo Latino-Americano tem boa reprodutibilidade e razoável validade para estimar o consumo de alimentos. (AU)

Processo FAPESP: 01/01768-2 - Estudo internacional de fatores ambientais, vírus e câncer de cavidade oral e de laringe
Beneficiário:José Eluf Neto
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular