Busca avançada
Ano de início
Entree

SuperVision - CFlex RTP - sistema de suporte à tomada de decisão para alocação de locomotivas e distribuição de vagões

Processo: 07/51608-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de março de 2008 - 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Rodrigo Almeida Gonçalves
Beneficiário:Rodrigo Almeida Gonçalves
Empresa:CFLEX Computação Flexível Aplicada Ltda
Município: Campinas
Bolsa(s) vinculada(s):09/01430-3 - Sistemas suporte à tomada de decisão para o gerenciamento de frota de material rodante em ferrovias, BP.TT
Assunto(s):Ferrovias  Vagões  Inteligência computacional  Tempo-real 

Resumo

Em 2004 a FAPESP aprovou um pedido da CFlex para apoio da fase 1 do projeto SuperVision (04-02901-6R). Dada a relevância socioeconômica do projeto, a CFlex decidiu priorizá-lo ao máximo e, no prazo da fase 1, finalizou também a fase 2 e 3. Mobilizamos todos os recursos para o projeto e com grande esforço conseguimos atingir este objetivo. a resultado foi a produção de uma ferramenta de suporte de tomada de decisão que colocamos no mercado com o nome de CFlex Trains, ou Trains para abreviar. A CFlex Trains é uma inovação tecnológica e está trazendo enormes ganhos de produtividade às ferrovias que já implantaram o sistema (eg. 16,8% de redução de tempo de parada de trem na América Latina Logística). Atualmente ele está implantado em 2 ferrovias brasileiras e em implantação em 3 outras brasileiras e 1 argentina. Estamos também em fase de negociação do produto com ferrovias australianas, neozelandesas, mexicanas e sul-africanas. Por meio deste documento estamos solicitando à FAPESP um novo apoio para desenvolver outra inovação tecnológica, dentro do mesmo contexto do projeto SuperVision. Trata-se de um sistema de suporte a tomada de decisão, no nível operacional, para alocação de ativos de ferrovias, ou seja, locomotivas e vagões. Já existe no mercado alguns produtos que visam otimizar a alocação de ativos da ferrovia, porém nenhum deles no nível operacional, ou seja, nenhum deles fazem parte da rotina diária de gestão de ativos das ferrovias. Os sistemas existentes são úteis em planejamentos estratégicos e táticos de médio e longo prazo, mas não no nível operacional, ou seja, na tomada de decisões em tempo real em curto prazo. O sistema proposto, denominado CFlex RTP, é uma quebra de paradigma do planejamento de ativos. Além de desenvolver novos algoritmos e técnicas de otimização, nossa meta inclui o desenvolvimento de mecanismos de interação homem - máquina que permitam a integração do sistema à realidade operacional das empresas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Inovação sem fronteiras 
Matéria(s) publicada(s) no blog Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o auxílio:
Inovação sem fronteiras