Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos parâmetros eritrocitários e do perfil bioquímico sérico, com ênfase ao ferro, a lactoferrina e a transferrina, de bezerros neonatos da raça Holandesa, submetidos a três protocolos de suplementação de ferro dextrano

Processo: 08/50828-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2008 - 30 de junho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:José Jurandir Fagliari
Beneficiário:José Jurandir Fagliari
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Colostro  Contagem de células sanguíneas  Ferro  Transferrina  Anemia 

Resumo

Serão utilizados 40 bezerros recém-nascidos da raça Holandesa, sadios, mantidos juntos com as mães, das quais serão obtidas secreção láctea para análise de seus componentes, até completarem três dias de idade, recebendo colostro; em seguida serão transferidas para bezerreiros individuais, onde serão alimentados com leite de vaca in natura, até aos 90 dias de idade. Serão monitorados o vigor do bezerro em consumir o colostro, o estado de saúde e o ganho de peso dos animais. Será tentado a todo custo uma coleta de sangue inicial antes da primeira mamada do colostro. Os 40 bezerros comporão quatro grupos (G) de 10 animais: G1: sem aplicação de ferro suplementar; G2: dose única de 5mL de ferro dextrano 10%, por via intramuscular (IM), no quinto dia de idade; G3: duas doses de 5mL de ferro dextrano 10% IM, no quinto e no vigésimo dia de idade e G4: duas doses de ferro dextrano 10% IM, no quinto e no trigésimo dia de idade. As amostras de sangue dos bezerros e de secreçâo láctea de suas mães serão obtidas em seis momentos (M): por ocasião do parto (M1) e aos 5 (M2), 10 M3), 20 (M4), 30 (M5) e 60 (M6) dias após o nascimento/parto. Em todos os momento serão realizados hemograma completos e testes bioquímicos para dosagem de ferro, cálcio total, fósforo, magnésio, proteína total, albumina, uréia, creatinina, bilirrubinas, bem como as atividades de gamaglutamiltransferase, aspartate aminotransferase e fosfatase alcalina, utilizando-se kits comerciais e leitura em espectrofotômetro semi-automático. Também, serão mensurados os teores de sódio, potássio e cálcio iônico, pelo método do íon seletivo, e zinco e cobre em espectrofotômetro de absorção atômica. Os teores séricos de transferrina, lactoferrina e IgG e de outras proteínas, inclusive proteínas de fase aguda, serão obtidos por meio de eletroforese em gel de poliacrilamida (SDS-PAGE). Os dados serão submetidos à análise estatística apropriada. (AU)