Busca avançada
Ano de início
Entree

Padrão temporal do comportamento do mico-leão-preto (Leontopithecus chrysopygus) em cativeiro avaliado antes e após a introdução de técnicas de enriquecimento ambiental: um estudo de caso

Processo: 08/58793-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2009 - 30 de junho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Pesquisador responsável:Miriam Mendonça Morato de Andrade
Beneficiário:Miriam Mendonça Morato de Andrade
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Cronobiologia  Enriquecimento ambiental  Animais de cativeiro  Mico-leão 

Resumo

Animais de cativeiro são submetidos a um ambiente pouco desafiador e com características bastante distintas da vida selvagem, podendo apresentar redução da expressão de comportamentos típicos da espécie na vida livre, e aumento de comportamentos estereotipados e pouco usuais ou "anormais". Tais condições apontam para a necessidade de implantação de um conjunto de técnicas de enriquecimento ambiental com o objetivo de melhorar a qualidade de vida de animais cativos. Adicionalmente, o orçamento temporal e a distribuição dos comportamentos do mico-leão-preto ao longo do dia ainda são 'pouco conhecidos. Assim, uma dupla de mico-leão-preto, mantida em cativeiro na Fundação Parque Zoológico de São Paulo, será estudada com o objetivo de avaliar a influência da introdução de técnicas de enriquecimento ambiental considerando o padrão temporal do comportamento. Após 8 dias de observação sem manipulação, as técnicas serão apresentadas em ordem aleatória, uma técnica diferente por dia, sendo que num período de 21 dias os animais serão apresentados 7 dias ao enriquecimento alimentar, 7 dias ao enriquecimento físico e outros 7 dias a nenhuma intervenção. A partir dos dados obtidos serão realizados: a) cálculo da duração e freqüência das categorias comportamentais, b) caracterização do padrão temporal das categorias comportamentais, c) comparação da ocorrência dessas categorias na presença e na ausência das estratégias de enriquecimento ambiental. Esperamos: a) que a introdução das técnicas de enriquecimento reduzam comportamentos relacionados a maior nível de estresse e favoreçam a exploração, o deslocamento dos animais no recinto e a interação social, b) que a técnica de enriquecimento alimentar promova maior modificação do comportamento do que a do enriquecimento físico e c) diferentes efeitos do enriquecimento dependendo da alocação tempotal típica de cada comportamento. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.