Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de lodo de esgoto, lama cal e escoria de aciaria e efeitos em atributos químicos no solo e na planta em sistema em plantio direto.

Processo: 12/09604-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Leonardo Theodoro Bull
Beneficiário:Gustavo Ferreira Brandão
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Fertilidade do solo   Avena strigosa

Resumo

A utilização do sistema de plantio direto (SPD) tem se difundido no Brasil, garantindo a produção com maior sustentabilidade. Neste sistema, a manutenção dos resíduos na superfície e o não revolvimento do solo provocam, com o passar dos anos, modificações químicas, físicas e biológicas que afetam a dinâmica dos nutrientes no solo. A reciclagem de resíduos em solos agrícolas é uma das formas mais racionais de utilização desses materiais, como fonte de nutrientes e de melhoria nas características do solo, desde que atendidos critérios sanitários e ambientais. Tais resíduos podem ser de origem urbana, como o lodo de esgoto e origem industrial, como as escórias de aciaria ou resíduos provenientes das indústrias de papel e celulose. A aplicação em sistema de semeadura direta vem contribuir para aumentar ainda mais o conteúdo de matéria orgânica dos solos, cuja ação complexante reduz o risco de contaminação com metais, provenientes desses materiais. Com objetivo de unir os benefícios entre o sistema de manejo do solo com semeadura direta e a aplicação de lodo de esgoto e resíduos industriais no solo, em experimento de longa duração, o projeto visa analisar as alterações químicas no solo e na planta de aveia, após a aplicação de lodo de esgoto, lama cal e escória de aciaria em Sistema Plantio Direto. Trata-se de trabalho que vem sendo conduzido pelo período de dez anos, sendo que até o presente momento ocorreram cinco aplicações daqueles resíduos : 2002, 2005, 2007, 2009 e 2011. O delineamento experimental utilizado é o de blocos ao acaso, com quatro repetições. Os tratamentos são constituídos por quatro resíduos, sendo dois lodos de esgoto (centrifugado e de biodigestor) e dois resíduos industriais (escória de aciaria e lama cal), em doses correspondentes a 0, 2, 4 e 8 Mg ha-1. Por meio da caracterização fracionada do perfil do solo serão analisadas as características químicas do solo, produção de biomassa da cultura da aveia e teor de nutrientes foliar.