Busca avançada
Ano de início
Entree

APLICAÇÃO DE PROTEASE MICROBIANA NO PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE QUEIJO

Tipo de documento:Patente
Inventor(es): Roberto da Silva; Carolina Merheb Dini; Eleni Gomes
Depositante: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) ; Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Data do depósito: 24 de março de 2011
Registro INPI:
PI1101014-2 - Consulta INPI
IPC: C12N 9/58 A23C 19/032
Resumo

A presente invenção descreve o processo de obtenção e o uso de uma protease 5 fúngica obtida por fermentação na produção de queijo, especificamente a Thermomucor sp., particularmente Thermomucor indícae-seudaticae, em substituição ao coalho. A enzima pode ser usada para a elaboração de qualquer tipo de queijo que seja obtido através de coagulação enzimática como, por exemplo, o minas, o frescal, o mussarela, meia cura, prato, provolone, parmesão etc.


Processo FAPESP: 06/06573-9 - Produção, purificação e caracterização da protease de Rhizomucor sp. e avaliação de sua aplicação na fabricação de queijo maturado
Beneficiário:Carolina Merheb Dini
Pesquisador responsável:Roberto da Silva
Instituição: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE)
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado