Busca avançada
Ano de início
Entree

Celia Regina de Gouveia Souza

CV Lattes GoogleMyCitations ResearcherID ORCID


Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). Instituto Geológico  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Possui graduação em Geologia pela Universidade de São Paulo (1983), mestrado em Oceanografia Química e Geológica pela Universidade de São Paulo (1990) e doutorado em Geologia Sedimentar pela Universidade de São Paulo (1997). É pesquisadora científica-nível VI do Instituto Geológico da Secretaria do Meio Ambiente-SP e professora colaboradora do Programa de Pós-graduação do Departamento de Geografia Física da FFLCH-USP. É afiliada à Associação Brasileira de Estudos do Quaternário (Presidente por várias gestões), membro do Conselho Estadual de Monumentos Geológicos do Estado de São Paulo, membro da Comissão Brasileira de Sítios Geológicos e Paleontológicos (SIGEP-UNESCO) e membro de diversos Grupos de Trabalho sobre zona costeira em âmbito estadual e federal. Atua em diversas linhas de pesquisa: dinâmica costeira; erosão costeira; riscos costeiros; geologia, geomorfologia e biogeografia de ambientes costeiros; Quaternário costeiro; gerenciamento costeiro; impactos das mudanças climáticas na zona costeira. (Fonte: Currículo Lattes)

Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 19/09/2020
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

Avanço do mar: impactos das mudanças climáticas em Santos


Publicado em 23 de agosto de 2017 - Agência FAPESP. O Projeto Metrópole apresenta estratégias de adaptação aos impactos das mudanças climáticas em Santos. A pesquisa mostra que o nível do mar pode aumentar entre 18 e 23 cm até 2050 na cidade portuária e o custo da não adaptação às mudanças climáticas é no mínimo cinco vezes maior. O estudo considerou apenas prejuízos imobiliários. Pesquisadores estimam que, se nada for feito, perdas podem dobrar de valor ao se considerar áreas como saúde.

Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

PEREIRA, Daniel dos Santos. Análise da dinâmica hídrica nas unidades geológico-geomorfológicas quaternárias (UQ) da Bacia do Rio Guaratuba, Bertioga (SP). Dissertação (Mestrado) -  Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (08/56026-0

SOBRINHO, Felipe de Araujo Pinto. Diversidade florística e estrutura vegetacional das tipologias florestais ocorrentes em diferentes sub-biomas de planície costeira e baixa encosta de bertioga (SP). Tese (Doutorado) -  Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.  Universidade de São Paulo (USP).  São Paulo.  (08/56341-2

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: