Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapeamento genético de Urochloa decumbens (Stapf) R.D. Webstercom tetraploide com informação de dosagem alélica revela informações sobre a resistência da cigarrinha-das-pastagens (Notozulia entreriana Berg)

Processo: 19/03662-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de abril de 2019 - 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Anete Pereira de Souza
Beneficiário:Anete Pereira de Souza
Instituição-sede: Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia computacional  Polimorfismo de um único nucleotídeo 

Resumo

Urochloa decumbens (Stapf) R.D. Webster é uma das gramíneas forrageiras africanas mais importantes na produção de carne bovina brasileira.Os recursos genético-genômicos atualmente disponíveis para esta espécie são restritos principalmente devido à poliploidia e apomixia. Assim sendo, cruciais estudos genômico-moleculares, tais como a construção de mapas genéticos e o mapeamento de loci de características quantitativas (QTLs) sãomuito desafiadores e, consequentemente, contribuem para o avanço do melhoramento molecular. Os objetivos deste trabalho foram (i) construir um mapa genético integrado de U. decumbens para uma progênie de irmãos completos usando marcadores baseados em GBS com informações de dosagem de alelo, (ii) detectar QTLs para resistência à cigarrinha-das-pastagens (Notozulia entreriana) e (iii) procurar possíveis genes candidatos envolvidos na resistência / defesacontra patógenos. Usamos o genoma de Setaria viridis como referência para alinhar leituras de GBS e selecionamos 4.240 marcadores SNPs de alta qualidade com informações de dosagem alelica. Destes marcadores, 1.000 foram distribuídos em nove grupos homólogos com comprimento cumulativo do mapa de 1.335,09 cM e uma densidade média de marcadores de 1,33 cM. Detectamos QTLs para resistência à cigarrinha, uma importante pragas de pastagem, que explicou entre 4,66% e 6,24% da variação fenotípica. Esses QTLs estão em regiõescontendo genes candidatos putativos relacionados à resistência / defesa contra patógenos. Porque este é o primeiro mapa genético com dados de dosagem autotetraplóide de SNP e detecção de QTL em U. decumbens, serão úteis para futuros estudos evolutivos, montagem genoma de e para outras análises de QTL em Urochloa spp. Além disso, os resultados podem facilitar o isolamento de genes candidatos e ajudar a esclarecer o mecanismo de resistência a cigarrinha-das-pastagens. Estas abordagens melhoraram a eficiência da seleção eprecisão no melhoramento molecular de U. decumbens e encurtam os ciclos do melhoramento. (AU)