Busca avançada
Ano de início
Entree

Popularização do acesso ao diagnóstico da apneia do sono e novos desenvolvimentos em sensores vestíveis e indicadores clínicos

Processo: 19/10221-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de março de 2020 - 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Convênio/Acordo: FINEP - PIPE/PAPPE Subvenção
Pesquisador responsável:Tácito Mistrorigo de Almeida
Beneficiário:Tácito Mistrorigo de Almeida
Empresa:Biologix Sistemas Ltda
Município: São Paulo
Pesq. associados: Andrea Fonseca da Cruz ; Geraldo Lorenzi Filho
Assunto(s):Medicina do sono  Pneumopatias  Apneia do sono  Apneia obstrutiva do sono  Doenças cardiovasculares  Sensores biomédicos  Dispositivos eletrônicos vestíveis 

Resumo

A Apneia Obstrutiva do Sono (AOS) é uma doença caracterizada por obstruções recorrentes parciais ou completas das vias aéreas superiores durante o sono, levando à hipóxia intermitente, sono fragmentado e frequentemente provoca sintomas e consequências para a saúde, incluindo não somente sono fragmentado e não reparador, sonolência excessiva diurna, queda na atenção e qualidade de vida, mas também aumento de risco cardiovascular. A AOS é uma doença extremamente comum na população geral. No Brasil, 40 milhões de pessoas têm algum grau de AOS e, no mundo, mais de 1 bilhão. A maioria deles (85% nos EUA e 95% no Brasil) permanece sem diagnóstico. Criada em 2015 a Biologix é uma empresa de base tecnológica dedicada ao desenvolvimento de soluções no segmento de saúde para o diagnóstico e monitoramento da apneia do sono em casa. Formada por empreendedores e pesquisadores doutores nas áreas de engenharia, saúde e ciências da computação, a empresa se dedica ao desenvolvimento e introdução no mercado soluções inéditas relacionadas à Healthtech e IoT a partir da utilização de sensores vestíveis (wearables), aplicativo para dispositivos móveis e computação na nuvem. A coleta, armazenamento e monitoramento de sinais vitais de pacientes por meios de dispositivos eletrônicos vestíveis é uma das tendências do setor. Estas soluções permitem aos hospitais reduzir custos; aos médicos ter informações mais precisas e contínuas; e aos pacientes, comodidade para fazer exames, além de incentivos à participação dos tratamentos. (AU)