Busca avançada
Ano de início
Entree

Equipamento Multi Usuário (EMU) concedido no processo 2020/04867-2: Probe Station semi-automática e acessórios

Processo: 22/14150-3
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de dezembro de 2022 - 30 de novembro de 2029
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Marcelo Gameiro Munhoz
Beneficiário:Marcelo Gameiro Munhoz
Instituição Sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:20/04867-2 - Física e instrumentação de altas energias com o LHC-CERN, AP.TEM
Assunto(s):Física de alta energia  Grande Colisor de Hádrons  Detectores de radiação  Radiação ionizante  Semicondutores  Instrumentação (física)  Aquisição de equipamentos  Equipamentos multiusuários  Infraestrutura de pesquisa 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:ALICE Experiment at LHC | ATLAS Experiment at LHC | Detectores de RadiaÇão Ionizante | Large Hadron Collider | Sensores semicondutores para radiação ultra-rápidos | Instrumentação em Física de Altas Energias

Resumo

A participação ao longo dos últimos anos das instituições paulistas de pesquisa em grandes colaborações de física de altas energias, em grande parte financiada pela FAPESP, tem apresentado resultados importantes para a ciência brasileira, como o desenvolvimento do chip SAMPA, um produto de alta tecnologia que hoje é empregado em diversos experimentos similares pelo mundo afora, e o estudo de aspectos fundamentais da natureza, como a origem da massa das partículas. Este projeto tem como objetivo subsidiar a participação dos grupos paulistas durante os próximos cinco anos nos experimentos ALICE e ATLAS, do acelerador LHC (Large Hadron Collider), e na colaboração para pesquisa e desenvolvimento em instrumentação nuclear, RD51, todos situados no laboratório europeu CERN. Ao agregar a participação paulista em três colaborações do laboratório CERN em um único projeto, busca-se otimizar os recursos tanto financeiros como humanos, aproveitando-se do conhecimento comum e complementar presente nessas três colaborações. A partir da vasta experiência adquirida por esses grupos nos últimos anos, tanto do ponto de vista da física como da engenharia, nesta proposta se propõe a investigação de questões fundamentais do Modelo Padrão (MP), tanto no setor eletrofraco como da força forte, além de manifestações da física além do MP, buscando manter o protagonismo desempenhado até agora nessas colaborações. A pesquisa e desenvolvimento em instrumentação de detetores a gás do tipo MPGD (MicroPattern Gaseous Detectors) e detectores semicondutores ultrarrápidos representa uma parte significativa deste projeto, buscando uma consolidação da participação paulista no desenvolvimento de tecnologia de fronteira nessa área. Esta proposta visa uma participação relevante no design, construção e operação de novos sistemas de detectores nas colaborações mencionadas, além de contribuir para reduzir estrategicamente a dependência do país em relação à tecnologia de ponta para detecção de radiação e processamento de sinais. Esse objetivo será buscado a partir de diversos desenvolvimentos voltados para aplicações interdisciplinares, transferindo o conhecimento criado nesses experimentos de física de altas energias para outras áreas e atividades locais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)