Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da concentração enzimática ideal para utilização na engenharia tecidual

Processo: 04/08924-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2004 - 31 de outubro de 2006
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Pesquisador responsável:Silvio Eduardo Duailibi
Beneficiário:Silvio Eduardo Duailibi
Instituição-sede: Departamento de Cirurgia. Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biomateriais  Engenharia tecidual  Regeneração tecidual 

Resumo

A Engenharia Tecidual é um campo promissor que visa promover a regeneração tecidual total ou parcial, de um órgão ou tecido criando substitutos biológicos com características moleculares idênticas ao tecido original. Esta técnica iniciou com as pesquisas do Prof. Vacanti e equipe, em 1993 onde por meio da associação de um polímero biodegradável com células progenitoras obtidas de tecido de intestino delgado, expandidas em laboratório e implantadas no abdome de modelo animal, puderam comprovar a confecção de um tecido com características histológicas idênticas ao tecido original. Posteriormente, este mesmo grupo de pesquisadores observaram a forma de orelha humana no dorso de um rato por meio da mesma metodologia. O objetivo deste projeto é estabelecer, utilizando as técnicas de Engenharia Tecidual com a estratégia de transplantação celular, a relação ideal tecido-enzima no processo de digestão tecidual. A normatização desta relação fundamenta a obtenção de células tronco adultas progenitoras para os tecidos dentais e/ou mineralizados. (AU)