Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de processos inovadores para a produção de biocombustíveis a partir de matérias primas renováveis

Processo: 10/51277-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Parceria para Inovação Tecnológica - PITE
Vigência: 01 de outubro de 2011 - 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química
Convênio/Acordo: Vale-FAPEMIG-FAPESPA
Pesquisador responsável:José Maria Correa Bueno
Beneficiário:José Maria Correa Bueno
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Empresa: Vale S/A
Município: São Carlos
Assunto(s):Etanol  Biocombustíveis  Catálise  Hidrogênio  Biomassa  Recursos renováveis 

Resumo

Este subprojeto refere-se ao desenvolvimento de catalisadores heterogêneos para a produção de H2 através de processo de reforma de compostos derivados de matérias primas renováveis. Considerando que praticamente toda a produção mundial de H2 está baseada na utilização de matérias primas não renováveis, principalmente o gás natural, o desenvolvimento científico desde 1930 foi centrado nesta linha. Recentemente têm-se uma mudança estratégica na produção de H2 a partir de matéria prima renovável, devido obviamente as questões ambientais. Isto implica em tema inédito e que envolve diferentes áreas do conhecimento, que vai desde uma escala macroscópica, que é o reator químico, até ao nível atômico, que é o conhecimento das propriedades eletrônicas de superfícies sólidas e interações entre moléculas do regente e superfícies sólidas. Para a realização deste projeto com sucesso necessitamos de uma equipe formada por estudantes com diferentes backgrounds, diferentes níveis de expertise compartilhamento das informações e conhecimento. Este será um ponto crucial para a obtenção de resultados significativos. Levando em consideração a experiência prévia das equipes, o grupo da UFSCar se concentrara inicialmente no conhecimento a nível molecular e o grupo da UFU se concentrara no conhecimento em nível de engenharia. Uma distribuição de conhecimentos mesclando entre as equipes será feita ao longo do projeto. Um dos pontos fortes deste projeto será procurar associar a realização de ciência em alto nível com a obtenção de resultados tangáveis para a aplicação industrial e a formação de recursos humanos de alta qualidade. (AU)