Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapas de ligação de cana de açúcar com base em marcadores derivados de retrotransposons, ETS-SSR, TRAP e AFLP e identificação de QTLs associados à resistência ao carvão

Processo: 10/51708-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2011 - 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Pesquisador responsável:Maria Lúcia Carneiro Vieira
Beneficiário:Maria Lúcia Carneiro Vieira
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/14099-6 - Mapas de ligação de cana-de-açúcar com base em marcadores derivados de retrotransposons, EST-SSR, TRAP e AFLP e identificação de QTLs associados à resistência ao carvão, BP.TT
11/14189-2 - Mapas de ligação de cana-de-açúcar com base em marcadores derivados de retrotransposons, EST-SSR, TRAP e AFLP e identificação de QTLs associados à resistência ao carvão, BP.TT
11/05520-7 - Mapas de ligação de cana-de-açúcar com base em marcadores derivados de retrotransposons, EST-SSR, TRAP e AFLP e identificação de QTLs associados à resistência ao carvão, BP.TT
Assunto(s):Cana-de-açúcar  Mapeamento genético  Marcador molecular  Retroelementos  Melhoramento genético vegetal 

Resumo

A cana-de-açúcar (Saccharum spp.) é uma espécie de elevada importância econômica, sendo o Brasil o maior produtor mundial de açúcar e de etanol extraídos da cana. A grande competitividade do setor sucroalcooleiro depende do desenvolvimento contínuo de genótipos altamente produtivos e resistentes a fatores abiótícos e bíóticos. A cana é a cultura mais complexa do ponto de vista genômico em que o melhoramento tem sido aplicado. O genoma das cultivares modernas é altamente poliplóide, aneuplóide, com variável número de cromossomos e de origem multiespecífica. Recentemente, técnicas moleculares têm contribuído para o entendimento da complexidade genética da cana, inclusive na identificação e caracterização de elementos transponíveis, que correspondem a mais de 50% do genoma das gramíneas. Por outro lado, as variedades comerciais são susceptíveis ao carvão, uma doença füngica (Sporisorium scitamineum) que causa perdas tanto na qualidade como na produção, em todo o mundo, tomando imprescindível a busca por genótipos resistentes e o conhecimento sobre a herança da resistência. Mapas genéticos saturados são poderosas ferramentas para a identificação de locos envolvidos na resposta a patógenos e estimativa de seus efeitos individuais e, também, para a seleção assistida por marcadores. No caso da cana, a saturação dos mapas é uma tarefa desafiante e exige o uso de abordagens genético-estatísticas sofisticadas. Assim, pretende-se com este trabalho: (a) gerar um mapa de ligação integrado com base em marcadores AFPL, ETS-SSR, TRAP e marcas direcionadas a sequências de retrotransposons; (b) verificar a distribuição dos retrotransposons nos grupos de ligação gerados; (c) identificar regiões associadas à resistência ao carvão, visando a sua utilização em programas de melhoramento via seleção assistida; (d) investigar se há relação entre a distribuição dos elementos de transposição e a dos locos associados à resistência ao carvão. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PALHARES, ALESSANDRA C.; RODRIGUES-MORAIS, TAISLENE B.; VAN SLUYS, MARIE-ANNE; DOMINGUES, DOUGLAS S.; MACCHERONI, JR., WALTER; JORDAO, JR., HAMILTON; SOUZA, ANETE P.; MARCONI, THIAGO G.; MOLLINARI, MARCELO; GAZAFFI, RODRIGO; GARCIA, ANTONIO AUGUSTO F.; CARNEIRO VIEIRA, MARIA LUCIA. A novel linkage map of sugarcane with evidence for clustering of retrotransposon-based markers. BMC GENETICS, v. 13, JUN 28 2012. Citações Web of Science: 19.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.