Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU: aquisição de uma liquefatora de hélio para a região de São Carlos

Processo: 09/53983-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de agosto de 2010 - 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Otaciro Rangel Nascimento
Beneficiário:Otaciro Rangel Nascimento
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Hélio líquido  Nitrogênio líquido  Liquefação 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/publicacoes/emu_exa_51.pdf
As informações de acesso ao Equipamento Multiusuário são de responsabilidade do Pesquisador responsável
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Tipo de equipamento: Tipo de Equipamento Multiusuário não informado
Fabricante: Fabricante não informado
Modelo: Modelo não informado

Resumo

Neste projeto propomos a compra e instalação de uma liquefatora de Hélio que visa garantir o suprimento de Hélio líquido a todos os usuários da região de São Carlos. O IFSC-USP possui uma longa tradição em infra-estrutura criogênica, tendo sido capaz de fornecer rotineiramente Nitrogênio e Hélio líquido a seus usuários desde o início da década de 1970. Atualmente, o IFSC-USP possui uma planta de liquefação de Hélio da Koch (hoje Linde) modelo 1410, que foi instalada em abril de 1986 e atende a todos os laboratórios de pesquisa da região. Esta liquefatora de Hélio vem operando por mais de 23 anos, produzindo cerca de 1000-1500 litros de Hélio mensalmente. O Hélio líquido produzido foi distribuído a: usuários do nosso instituto, da UFSCAR, do Centro de Imagens por RMN da Santa Casa de Misericórdia de São Carlos, da EMBRAPA-CNPDIA de São Carlos, da FFCLRP-USP e do IQSC-USP de São Carlos. Devido ao seu uso extensivo, esta liquefatora já ultrapassou, em muito, a vida útil estimada pelo fabricante. Devido a isso, ela já sofreu inúmeros reparos e a sua produção de Hélio líquido (em litros/hora) foi se reduzindo monotonicamente durante os últimos anos e os especialistas afirmam, sem dúvidas, que, a qualquer momento, ela irá parar de funcionar. Em vista destes fatos, propomos a aquisição de uma nova liquefatora que irá substituir a nossa atual. A liquefatora que propomos é quase idêntica à atual, com a diferença que o sistema de controle manual foi substituído por um sistema eletrônico e computador, que lhe dá uma maior precisão e facilidade de operação. Sendo que se trata simplesmente da substituição de uma máquina por outra similar, o projeto não prevê custos adicionais de instalação e de adequação do espaço físico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)