Busca avançada
Ano de início
Entree

Especiação de elementos traços usando técnicas de separação alternativas hifenadas a espectrometria de emissão óptica com plasma acoplado indutivamente

Processo: 02/10635-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de maio de 2003 - 30 de abril de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Amauri Antonio Menegário
Beneficiário:Amauri Antonio Menegário
Instituição-sede: Centro de Estudos Ambientais (CEA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):04/06154-0 - Uso de Saccharomyces cerevisiae para especiação e pré-concentração de cádmio, BP.IC
03/00453-3 - Especiação de elementos traços usando técnicas de separação alternativas hifenadas a espectrometria de emissão óptica com plasma acoplado indutivamente, BP.JP
Assunto(s):Espectrometria  Filmes finos 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Investindo...pesquisadores_328_234_235.pdf

Resumo

Este projeto abordará a associação de técnicas de separação simples e de baixo custo com a espectrometria de emissão óptica com plasma acoplado indutivamente (ICP-OES), visando ao desenvolvimento de métodos sensíveis e seletivos para determinação de espécies ou grupos de espécies de elementos-traços. Espera-se com isso a implantação de uma nova de linha de pesquisa na área de química analítica no Centro de Estudos Ambientais da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Na primeira fase do projeto, pretende-se investigar a viabilidade do uso de substratos biológicos (microrganismos) para separações de espécies orgânicas e inorgânicas de As, Cd, Cu, Pb, Sb, Se e Sn. Serão projetados e dimensionados sistemas de fluxo com colunas contendo os substratos biológicos imobilizados em suportes sólidos para conduzir as separações e as detecções das espécies on-line. Posteriormente, visando métodos mais sensíveis e abrangentes, as separações obtidas usando os substratos biológicos serão associadas às extrações em fases sólida-líquida com resinas e/ou a geração de hidretos. Os métodos serão aplicados para a análise de amostras de interesse ambiental e toxicológico A segunda fase do projeto consiste no desenvolvimento de procedimentos analíticos capazes de avaliar a concentração de espécies lábeis (orgânicas e inorgânicas) in situ no ambiente, a partir da implantação e implementação da técnica de gradientes de difusão em filmes finos (DGT). Pretende-se desenvolver novos métodos, principalmente com base no uso de novos agentes ligantes para a determinação de grupos de espécies de Cd, Co, Cu, Mn, Ni, Pb, Zn e espécies inorgânicas de As, Sb e Sn. Inicialmente, serão realizados testes com soluções e amostras no laboratório, nos quais serão avaliados os agentes ligantes e os principais parâmetros que influenciam no desempenho da técnica, como pH, espessura e porosidade do gelo. Posteriormente, pretende-se realizar a determinação das espécies in situ em sistemas aquáticos e em efluentes. (AU)