Busca avançada
Ano de início
Entree

Os efeitos do esvaziamento cervical e da radioterapia sobre a audição em pacientes com câncer de cabeça e pescoço

Processo: 00/11054-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2001 - 31 de março de 2003
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Maria Valéria Schmidt Goffi Gomez
Beneficiário:Maria Valéria Schmidt Goffi Gomez
Instituição-sede: Hospital A C Camargo. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Perda auditiva  Neoplasias de cabeça e pescoço  Radioterapia  Esvaziamento cervical  Audiometria  Emissões otoacústicas 

Resumo

O tratamento de tumores localizados na cabeça e pescoço normalmente inclui irradiação envolvendo a região do osso temporal, como método exclusivo ou após cirurgia, tanto em tumores primários quanto em metástases cervicais. A radioterapia (Rxt) no tratamento de tais tumores pode provocar comprometimentos relacionados à orelha média e orelha interna. O esvaziamento unilateral ou bilateral é empregado no tratamento da maioria das neoplasias malignas que acometem a cabeça e pescoço, provocando marcantes alterações na drenagem linfática e venosa, com conseqüente edema facial. Muitos desses pacientes apresentam perdas auditivas a curto e médio prazo. Este trabalho pretende estudar a prevalência da perda auditiva em pacientes submetidos a esvaziamento cervical e a radioterapia pós-operatória, caracterizando-a segundo o tipo de tratamento. (AU)