Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do comportamento de camundongos inoculados experimentalmente com diferentes variantes do vírus rábico da região Oeste do estado de São Paulo

Resumo

O laboratório do Pólo da Alta Sorocabana, Presidente Prudente, SP, realiza o diagnóstico laboratorial da raiva desde 1995, ano em que foi credenciado para tal pelo Ministério da Saúde. Daquele ano até a presente data, já isolou o vírus rábico de várias espécies de morcegos não hematófagas, bem como de outros mamíferos, tais como bovinos e equinos e executou vários experimentos envolvendo esta zoonose. Em função destes estudos, se constatou que o vírus rábico continua circulando na região com várias variantes, e então, se propõe um estudo mais aprofundado envolvendo aspectos destas cepas virais utilizando-se para tal a inoculação em camundongos. Esta pesquisa tem por finalidade estudar a variabilidade genética, antigênica e patogênica dos vírus isolados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)