Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise das práticas e proposições para melhoria da difusão e uso do pensamento estatístico e de técnicas estatísticas em empresas industriais do Estado de São Paulo

Processo: 13/12910-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2013 - 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Produção
Pesquisador responsável:José Carlos de Toledo
Beneficiário:José Carlos de Toledo
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Pesq. associados: Fabiane Letícia Lizarelli ; Manoel Fernando Martins ; Miguel Ángel Aires Borrás
Bolsa(s) vinculada(s):14/02495-0 - Análise das práticas e proposições para melhoria da difusão e uso do Pensamento Estatístico e de técnicas estatísticas em empresas industriais do Estado de São Paulo, (oco em dados levantados em empresas dos setores: eletroeletrônica e eletrodomésticos, BP.TT
13/20043-6 - Auxílio no desenvolvimento de atividades de pesquisa bibliográfica e de compilação de dados do projeto Análise das Práticas e Proposições para Melhoria da Difusão e Uso do Pensamento Estatístico e de Técnicas Estatísticas em Empresas Industriais do ESP, BP.TT
13/20168-3 - Auxílio no desenvolvimento de atividades de pesquisa bibliográfica e de compilação de dados do projeto Análise das Práticas e Proposições para Melhoria da Difusão e Uso do Pensamento Estatístico e de Técnicas Estatísticas em Empresas Industriais do ESP, BP.TT
13/20612-0 - Auxílio no desenvolvimento de atividades de pesquisa bibliográfica e de compilação de dados do projeto Análise das Práticas e Proposições para Melhoria da Difusão e Uso do Pensamento Estatístico e de Técnicas Estatísticas em Empresas Industriais do ESP, BP.TT
Assunto(s):Controle da qualidade  Análise estatística de dados  Controle estatístico de qualidade 

Resumo

As abordagens para gestão e melhoria da produção (Lean Manufacturing, TQC - Total Quality Control, TPM - Total Productive Maintenance, Programa Seis Sigma, etc) têm como uma base científica a tomada de decisões, sobre controle e melhoria de produtos e processos, baseada em "fatos e dados", com o suporte de princípios e técnicas Estatísticas. Apesar desses princípios e técnicas serem difundidos desde o início do século XX, a sua difusão e aplicação enfrenta limitações para uso rotineiro nas decisões empresariais. Algumas explicações para essa situação estariam em: preconceitos quanto a dificuldade para compreensão e uso desses princípios e técnicas; formação deficiente e tardia, em Estatística, principalmente por engenheiros e administradores; a não compreensão de que não basta o ensino direto de técnicas estatísticas, se essa formação não for precedida pela valorização do Pensamento Estatístico (PE). O PE significa a compreensão de que a variabilidade está presente em todos os processos e precisa ser controlada; a adoção de uma visão que refuta o determinismo e valoriza o comportamento aleatório e a variabilidade natural. O PE, seria uma condição básica para a maior valorização e uso das técnicas estatísticas. Este Projeto objetiva identificar o grau de difusão e de aplicação, em diversos setores industrias, do PE e das TE, avaliando o impacto percebido no grau de controle e melhoria dos processos, o grau de satisfação com esse uso, e os principais obstáculos na difusão e aplicação. A pesquisa será conduzida por meio de pesquisa de levantamento (survey), estudo de casos e entrevistas com consultores e professores. A partir da análise dos dados será proposto um modelo para aplicação bem sucedida do PE e das TE. Espera-se gerar melhor compreensão e aumentar o uso bem sucedido de princípios e técnicas estatísticas. (AU)