Busca avançada
Ano de início
Entree

2nd workshop on sugarcane physiology for agronomic applications

Processo: 13/12217-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 29 de outubro de 2013 - 30 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fisiologia Vegetal
Pesquisador responsável:Lucia Mattiello
Beneficiário:Lucia Mattiello
Instituição-sede: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Associação Brasileira de Tecnologia de Luz Síncrotron (ABTLuS). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). Campinas, SP, Brasil
Assunto(s):Cana-de-açúcar  Fisiologia 

Resumo

O setor sucro energético tem passado por profundas mudanças no plantio, condução da cana-de-açúcar no campo e seu processamento na indústria. Todas essas alterações de manejo têm implicado em aumento no custo de produção da cana-de-açúcar, bem como mudanças nos padrões de crescimento e desenvolvimento da mesma no campo. Para solucionar tais problemas, novas estratégias de plantio, manejo e colheita do canavial devem ser amplamente discutidas e os fatores fisiológicos envolvidos devem ser compreendidos. Nas datas de 29 e 30 de outubro de 2013, será realizada no Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE), a 2ª edição do "Workshop on Sugarcane Physiology for Agronomic Applications", evento no qual são reunidos pesquisadores renomados de diferentes partes do mundo para discutir a temática cana-de-açúcar em seus aspectos fisiológicos de desenvolvimento. Em sua primeira edição no ano de 2012 (evento financiado pela FAPESP - 2012/14135-2), discutiu temas como: Brotação e Crescimento, Dinâmica da Fisiologia em cana-de-açúcar, Fisiologia da cana-de-açúcar em condições de campo e Variabilidade Fisiológica em cana-de-açúcar. Para este ano o evento será dividido em quatro sessões: Fisiologia da cana-de-açúcar em condições de campo, Interação cana-de-açúcar e ambiente, Crescimento e desenvolvimento da cana-de-açúcar: Parte I, Crescimento e desenvolvimento da cana-de-açúcar: Parte II. Para tal, foram convidados pesquisadores de diferentes centros de pesquisa do Brasil, Austrália, África do Sul e Estados Unidos da América, com experiência em estudos sobre crescimento e desenvolvimento da cana-de-açúcar, nutrição da cultura em diferentes ambientes de produção, eficiência no uso de água e nutrientes, melhoramento genético, dentre outros. (AU)