Busca avançada
Ano de início
Entree

Plano anual de aplicação de reserva técnica USP 2014 dos projetos "conectividade da USPnet com a ANSP: resiliência da USPnet" e "hospedagem da InterNuvem"

Processo: 14/24575-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Conectividade à Rede ANSP
Vigência: 01 de fevereiro de 2015 - 31 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:João Eduardo Ferreira
Beneficiário:João Eduardo Ferreira
Instituição-sede: Reitoria (RUSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Computação em nuvem  Redes de computadores 

Resumo

O plano aqui apresentado permitirá dar continuidade à evolução tecnológica da rede de telecomunicações da USP (USPnet) para que a mesma disponibilize ao usuário final uma estrutura de comunicação ubíqua e pervasiva. O objetivo deste projeto é assegurar à USPnet um desempenho de qualidade boa e equiparável em qualquer localização ou campi da USP, independente do ponto de provimento. Permitirá, entre outras coisas, estender as funcionalidades de rede para uma camada de serviços aderente ao conceito de InterNuvem computacional. Para dar cabo deste objetivo, o projeto está subdividido em dois projetos afins. O primeiro projeto, denominado CONECTIVIDADE DA USPNET COM A ANSP: RESILIÊNCIA DA USPNET, visa dotar a USPnet de um segundo ponto de concentração de rede, ao qual todas as Unidades da USP terão conexões e, deste, com saída à Internet, abrindo à comunidade de usuários do campi USP um conjunto de novos serviços rede-dependentes de máxima disponibilidade (gerenciamento da iluminação, monitoramento por câmeras nos campi, sinalização em totens, gestão da energia e da água nos campi, etc.). Atualmente existe um único ponto de concentração de rede, hospedado no centro de dados da DTI, que recebe todas as interconexões físicas de todos os campi e unidades da USP; dele é feita a ligação à Internet, via conexão à ANSP. A existência de um ponto único de concentração, representa uma vulnerabilidade potencial não desejável e incompatível com o parâmetro de disponibilidade de rede que se deseja para a USPnet. Com a existência de um segundo ponto de concentração será possível efetuar manobras ou transferir a operação da rede, temporária ou definitivamente, de forma transparente ao usuário, sem interrupção do serviço da rede para toda e qualquer Unidade da USP. O segundo projeto, denominado de PROJETO DE HOSPEDAGEM DA INTERNUVEM, está diretamente ligado ao primeiro pelo conceito de infraestrutura de inter nuvem computacional e visa garantir a hospedagem externa da InterNuvem da USP, pelo tempo necessário ou até que existam condições de se realizar internamente esta hospedagem. A InterNuvem da USP, iniciada em 2013, tem seu núcleo de servidores e armazenamento de dados hospedado em um centro de dados localizado fora das instalações da USP, uma vez que não existe ainda dentro da USP uma infraestrutura de centro de dados compatível com a qualidade de serviço que se espera de uma nuvem computacional. Em última análise, para o usuário da InterNuvem, um serviço deficiente na infraestrutura do centro de dados pode ser percebido como uma deficiência na rede de dados, razão pela qual este projeto é parte deste plano. (AU)