Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemas de separação por membranas para o abastecimento público: mecanismos de contratação de projetos e tratamento de águas subterrâneas contaminadas

Processo: 13/50435-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Parceria para Inovação Tecnológica - PITE
Vigência: 01 de fevereiro de 2016 - 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Convênio/Acordo: SABESP
Pesquisador responsável:René Peter Schneider
Beneficiário:René Peter Schneider
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Empresa: Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos (São Paulo - Estado). Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (SABESP)
Assunto(s):Membranas filtrantes  Nanofiltração  Ultrafiltração  Abastecimento de água  Águas subterrâneas 

Resumo

Neste projeto são propostas soluções de membranas filtrantes para os seguintes temas relevantes elencados na chamada de propostas: Subtema 1.1: Critérios de decisão para escolha de membranas filtrantes em sistema de água e esgoto. A prática atual de aquisição de sistemas membrana praticamente transfere para os fornecedores de equipamentos a responsabilidade pela especificação de equipamentos, sendo o critério preponderante de contratação o preço mínimo CAPEX da planta. Neste projeto serão elaborados critérios técnicos para contratação de serviços de consultoria de projeto para definir a solução de membranas mais apropriada para uma ETA ou ETE específica, em análise global de CAPEX e OPEX considerando a vida útil da planta, bem como para condução de ensaios-piloto por potenciais fornecedores de membranas interessados no projeto. Este subprojeto inclui a organização de workshop com operadores internacionais de sistemas de membranas de grande porte. Subtema 3.1: Tratamento de águas subterrâneas com contaminantes. Será avaliada a aplicabilidade de processos de membranas de nanofiltração para remoção de contaminantes de águas de poços. A vantagem desta tecnologia é o emprego de uma plataforma comum de equipamentos e de materiais de consumo para tratar águas de poço contaminadas por uma gama de compostos com (a) carga positiva ou negativa e/ou (b) peso molecular >200D, sem a necessidade de dosagem de produtos químicos em linha para garantir a eficiência de separação. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.