Busca avançada
Ano de início
Entree

Novas tecnologias e ensino de história: uma relação possível e necessária

Resumo

Este trabalho insere-se no âmbito da pesquisa- ação (THILOLLENT, 2002) e tem como meta primordial contribuir para com a melhoria do Ensino Público do Estado de São Paulo. Terá curso por meio de um projeto de ação- pedagógica, referenciada pelo Currículo de História do Estado de São Paulo, e será desenvolvido em duas salas de 8° ano do Ensino Fundamental da Rede Pública Estadual de Ensino, valendo-se das tecnologias da informação e comunicação. Contará com a participação dos membros do Grupo de Pesquisa: "Políticas públicas e democratização do ensino no Brasil" coordenado pela proponente, e como não poderia deixar de ser, pelos professores de História e equipe gestora da escola loco da pesquisa. O motivo que o move é a percepção de que a escola não pode ficar à margem e tão pouco resistir aos avanços das Tecnologias da Informação e Comunicação - TICs, principalmente da internet, tendo-se que estes avanços compõem o repertório e a maneira de ser dos jovens atualmente, numa dinâmica que contrasta totalmente com a da escola; posicionamento sustentado, entre outros, por teóricos como PRENSKY (2001), SANTOS, B. S. & RADTKE (2005), CASTELLS (2005), MORAN (2000). Não se trata de substituir as práticas pedagógicas em curso, pelo contrário, objetiva-se ampliar e aprofundar o uso dos recursos da tecnologia de informação e comunicação de forma significativa no espaço escolar e na sala de aula visando tornar as aulas de História mais dinâmicas, atrativas e participativas para os alunos. Trata-se, ademais de uma proposta que visa colaborar para a consolidação do já implantado "Programa Acessa Escola", proposto pelo Governo do Estado, em 2008, com "o objetivo de promover a inclusão digital, social e estimular o uso da internet pelos usuários das escolas da rede estadual de ensino". (AU)