Busca avançada
Ano de início
Entree

Manejos nutricionais para frangos de corte buscando produtividade e qualidade óssea

Processo: 15/19225-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2015 - 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Ibiara Correia de Lima Almeida Paz
Beneficiário:Ibiara Correia de Lima Almeida Paz
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Pesq. associados:Edivaldo Antônio Garcia
Assunto(s):Avicultura  Alimentação animal  Frangos de corte  Osso e ossos  Metabolismo animal 

Resumo

O objetivo deste estudo será avaliar qual manejo nutricional (desempenho regular, médio ou superior) promove melhorias nas características produtivas, econômicas e ósseas de frangos de corte em duas épocas do ano, quente e fria. Para isto, serão conduzidos dois experimentos e, em cada um, serão utilizados 2.400 frangos de corte machos, de duas linhagens comerciais, adquiridos com um dia de idade e distribuídos igualitariamente entre os tratamentos. O delineamento experimental adotado será em blocos casualizados alocado em esquema fatorial 2x3 (linhagens Cobb® 500 e Ross® 308 e exigências para desempenho regular, médio ou superior). As aves serão avaliadas quanto ao desempenho e a análise econômica será realizada com base nestes dados. A incidência de doenças metabólicas (síndrome de morte súbita e síndrome ascítica) será registrada e as aves que refugarem serão descartadas. Ao descarte estas aves serão necropsiadas, enfatizando-se os exames de degeneração femoral (DF), discondroplasia tibial (DT), espondilolistese (ESP) e aparência e peso do coração, fígado e pulmão. O gait score (GS) será avaliado aos 34 e 41 dias de criação. Aos 36 e 43 dias de criação 144 aves (três aves por repetição por tratamento) serão abatidas e suas carcaças e partes pesadas para cálculo de rendimento. As carcaças serão classificadas quanto à presença ou ausência de arranhões e também quanto ao número de arranhões observados. Também serão avaliados problemas locomotores (DF, DT e ESP), índice Seedor (IS), resistência óssea (RO) e síndrome do osso negro (SON). As correlações avaliadas serão entre as características produtivas (peso vivo, ganho de peso e peso da carcaça) e demais características avaliadas. Os dados serão submetidos à análise estatística, utilizando o programa SAS 9.2. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE LIMA ALMEIDA PAZ, IBIARA CORREIA; DE LIMA ALMEIDA, IANE CORREIA; MILBRADT, ELISANE LENITA; CALDARA, FABIANA RIBEIRO; PANHOZA TSE, MARCOS LIVIO. Effects of analgesic and noise stimulus in gait score assessment. PLoS One, v. 14, n. 1 JAN 3 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.