Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelagem e comparação dos modelos Daycent e DNCD para o projeto GSB: iniciativa global de bioenergia sustentável: análise ambiental e espacial da intensificação da pastagem para bioenergia: Grupo II

Processo: 16/20307-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 09 de janeiro de 2017 - 08 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola
Pesquisador responsável:Rubens Augusto Camargo Lamparelli
Beneficiário:Rubens Augusto Camargo Lamparelli
Pesquisador visitante: Eleanor Elizabeth Campbell
Inst. do pesquisador visitante: University of New Hampshire (UNH), Estados Unidos
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Agrícola (FEAGRI). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/26767-9 - Iniciativa Global Sustainable Bioenergy (GSB): análise ambiental e espacial da intensificação da pastagem para a bioenergia, AP.SPEC
Assunto(s):Bioenergia  Pastagens  Dinâmica do carbono  Carbono no solo  Gases do efeito estufa  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

O projeto de pesquisa está se propondo a focar, em escala global, como a intensificação de pastagem, sob análise espacial e ambiental é relevante a bioenergia. Este projeto temático, de 3 anos, está concebido como uma contribuição a iniciativa GSB (Global Sustainable Bioenergy), onde está estruturado em 3 partes com os objetivos correspondendo a atingir hipóteses definidas em artigos estruturados a priori sob 3 grandes grupos. Grupo I: Potencial de Pastagem e Subsequente Produção de Culturas Energéticas; Artigo I.1- Análise da Performance da produção de pastagem utilizando "Climate Binning" através de dados de campo; Artigo I.2 - O impacto do solo na variabilidade sazonal da precipitação e mudanças climáticas na Perfomance da produção da pastagem baseada no estudo de "Climate Binning"; Artigo I.3 - Desenvolvimento de um modelo global de produtividade para a cultura de Algave; Artigo I.4 - Desenvolvimento e Aplicação preliminar de um modelo multi culturas para a produção de energia, em áreas de pastagens. Grupo II: Sustentabilidade na Intensificação de Pastagem e sua Subsequente avaliação para os diferentes cenários. Artigo II.1 - Desenvolvimento de um modelo biogeoquímico, em escala global, para sistemas pastoris; Artigo II.2 - Modelando os cenários para Intensificação de pastagens. Grupo III: Análise Espacial, Sensoriamento Remoto e Modelagem. Artigo III.1: Análise Geoespacial do incremento da produtividade em termos de ocupação por área (número de cabeças/área); Artigo III.2: Detecção e Mapeamento de áreas com uso de lavoura-pecuária através de Sensoriamento Remoto. O projeto será liderado pelo Dr. John Sheehan e será realizado por uma equipe internacional. Um detalhado plano de execução é apresentado incluindo os períodos de cada tarefa e os membros da equipe envolvidos. Exceto os pesquisadores do projeto este projeto ainda contará com 4 Pós-Doc’s, 4 estudantes de pós-graduação e 4 estudantes de graduação. O Grupo I se baseará em uma revisão de artigos reportando uma importante análise espacial do potencial de intensificação para áreas de pastagens, este será liderado pelo Dr. Sheehan e desenvolvido com outros membros da equipe. O Grupo I também terá a colaboração dos membros da equipe do Dr. Steve Long (Universidade de Illinois) no modelamento de culturas energéticas e suas repostas às mudanças climáticas. Os resultados encontrados no Grupo I serão utilizados diretamente nas atividades do grupo II, liderado pelo Dr. Marcelo Galdos (CTBE) e pela equipe do Dr. Keith Paustian (Universidade Estadual do Colorado) que atua na modelagem de ecossistemas agrícolas. O Grupo III leva em consideração uma vantagem, em particular, que o Brasil apresenta no sentido de ter um bem desenvolvido sistema de integração lavoura-pecuária e dados associados a este, para construir, uma expertise ligando o Sensoriamento Remoto e integração Lavoura-pecuária (Grupo liderado pelo Dr. Jansle Vieira Rocha). Cabe ressaltar que as atividades dos Grupos I e III oferecem grande oportunidade de validação para ambas. Complementarmente o Grupo III contribuirá com um trabalho de campo para subsidiar novas técnicas para medidas da performance e localização de sistemas de lavoura-pecuária, o qual representa uma fração significativa da produção pecuária global. O sucesso do projeto significará um avanço intelectual da fronteira nos domínios geoespacial de análise de áreas de pastagens, na estimativa potencial de produtividade destas áreas, na modelagem de culturas energéticas assim como a oportunidade para incrementar a produtividade através da integração (lavoura-pecuária), aumentando o manejo e a intensificação das terras e a sustentabilidade destas estratégias. Os resultados permitirão avançar no entendimento do potencial da Bioenergia assim como estabelecer uma nova equipe, posicionada a entender mais sobre os impactos e contribuir para o desenvolvimento dos recursos humanos no Brasil. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.