Busca avançada
Ano de início
Entree
Conteúdo relacionado

Design of multi-metal nanoarrays for optical sensors

Processo: 17/50264-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2018 - 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Convênio/Acordo: University of New South Wales
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Susana Inés Córdoba de Torresi
Beneficiário:Susana Inés Córdoba de Torresi
Pesq. responsável no exterior: Vinicius Romero Gonçalves
Instituição no exterior: University of New South Wales (UNSW), Austrália
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Eletroquímica  Espectroscopia Raman amplificada por superfície  Sensores  Cooperação internacional 

Resumo

A espectroscopia Raman amplificada por superfície (SERS) é uma poderosa ferramenta para análises ultrassensíveis, não-destrutivas e em tempo real. Os metais nobres com superfícies rugosas são tipicamente usados como substratos SERS. O objetivo deste projeto é proporcionar versatilidade a essa classe de sensores ao projetar plataformas em que nano-arranjos de múltiplos metais estão concomitantemente presentes na superfície de sensoriamento. Isso é importante para desenvolver um único dispositivo capaz de responder a uma ampla gama de comprimentos de onda de excitação, o que é um requisito para a análise de amostras complexas. Nosso objetivo é combinar a técnica de eletrodeposição assistida por molde aperfeiçoada na USP com a técnica de eletroquímica ativada por luz desenvolvida na UNSW para propor um protocolo para a preparação de tais superfícies sem envolver técnicas de micro fabricação mais onerosas. (AU)