Busca avançada
Ano de início
Entree

Codificação adaptativa de vídeo

Processo: 11/13351-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Matemática da Computação
Pesquisador responsável:Hélio Pedrini
Beneficiário:Vitor de Lima
Instituição-sede: Instituto de Computação (IC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/52015-0 - Métodos de aproximação para computação visual, AP.TEM
Assunto(s):Fractais

Resumo

A transmissão e o armazenamento de imagens e vídeos requerem técnicas capazes de reduzir a quantidade de bits necessária, mesmo que seja preciso degradar a qualidade dos dados. Os métodos capazes de representar dados obedecendo tais restrições, são chamados compressores com perda. Este projeto propõe o estudo de métodos de compressão baseados tanto na interpolação dos dados quanto no ajuste de polinômios a segmentos do sinal. O método baseado em interpolação descarta linhas e colunas de cada quadro de um vídeo, reconstruindo-as posteriormente atráves de um interpolador. Essa abordagem introduz menos artefatos visuais se comparada aos padrões baseados em transformadas ortogonais (e.g. H.264, MPEG-2 e JPEG-2000), porém ainda não é capaz de codificar todo o vídeo sem o auxílio de outro algoritmo.A codificação baseada na divisão do sinal em segmentos polinomiais é capaz de representar eficientemente a estrutura geométrica das imagens, respeitando os contornos das regiões. As bordas entre os segmentos codificados apresentam artefatos visuais graves e a generalização desse método para a codificação de vídeos não foi explorada.Este projeto propõe o estudo desses dois métodos a fim de criar dois codificadores de vídeo, um baseado em interpolação e outro puramente baseado na divisão do sinal em segmentos polinomiais.A abordagem mista representará cada quadro através de uma malha, interpolando os dados usando métodos semelhantes aos elementos finitos de alta ordem, às splines ou às NURBS. A compensação de movimento poderá ser feita tanto perturbando a estrutura da malha quanto alterando os pontos de controle.Finalmente, uma proposta para a codificação de texturas usando transformadas wavelets é apresentada, tentando evitar problemas encontrados em soluções puramente baseadas em uma única transformada ortogonal.