Busca avançada
Ano de início
Entree

Moléculas frias em um rede óptica

Processo: 11/23533-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 14 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Atômica e Molecular
Pesquisador responsável:Luis Gustavo Marcassa
Beneficiário:Jonathan Eugene Tallant
Instituição Sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Moléculas heteronucleares   Reações químicas   Fotoionização   Armadilha de dipolo
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:aprisionamento atômico | armadilha óptica de dipolo | Fotoionização | Moléculas Heteronucleares | moléculas homonucleares | reações químicas | Aprisionamento de átomos de moléculas

Resumo

Na última década, as armadilhas de dipolo ópticas foram utilizadas com sucesso para o aprisionamento de átomos e moléculas, inclusive permitiram à obtenção de condensados bosônicos atômicos. Várias propostas teóricas sugerem o uso de tais armadilhas para obtenção de condensados moleculares. Contudo, antes de qualquer coisa é necessária a obtenção de moléculas no estado fundamental vibracional. Recentemente, um trabalho teórico propôs a formação de tais moléculas utilizando feixe de luz para fotoassociação em 1064 nm. Esta proposta é muito interessante, pois sugere o uso de um comprimento de onda, o qual é em geral utilizado em armadilhas ópticas devido à relativa simplicidade de operação dos lasers de fibra.Atualmente em nosso laboratório, produzimos de forma cotidiana amostras de átomos de K e Rb em uma única armadilha de dipolo ao mesmo tempo. Para cada espécie temos aproximadamente 2x106 átomos aprisionados, densidades da ordem de 1012 cm-3 e temperaturas da ordem 10 ¼K. Resultados preliminares em Rb e na amostra K/Rb sugerem que a fotoassociação ocorre naturalmente em tais armadilhas, contudo as moléculas formadas não se encontram no estado vibracional fundamental. Neste projeto, propomos produzir moléculas frias por fotoassociação em 1064 nm, em seguida estas moléculas serão aprisionadas em uma rede ótica. O próximo passo serão bombeá-las opticamente para o nível vibracional fundamental em uma rede óptica e mante-las aprisionadas. Estudaremos processos colisionais envolvendo tais moléculas na rede óptica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PASSAGEM, HENRY FERNANDES; COLIN-RODRIGUEZ, RICARDO; TALLANT, JONATHAN; VENTURA DA SILVA, PAULO CESAR; BOULOUFA-MAAFA, NADIA; DULIEU, OLIVIER; MARCASSA, LUIS GUSTAVO. Continuous Loading of Ultracold Ground-State Rb-85(2) Molecules in a Dipole Trap Using a Single Light Beam. Physical Review Letters, v. 122, n. 12, . (11/23533-9, 13/02816-8, 14/24479-6)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.