Busca avançada
Ano de início
Entree

Células de referência para átomos de Rydberg

Processo: 12/05542-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Atômica e Molecular
Pesquisador responsável:Luis Gustavo Marcassa
Beneficiário:Victor Ferrari Pedroso Lopes
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Átomos frios   Átomos de Rydberg   Rubídio   Diodo laser

Resumo

O Laboratório de Interações Atômicas (LIA) vem realizando pesquisa em átomos aprisionados há mais de uma década. Neste período, nos especializamos em átomos de Rydberg frios e moléculas frias formadas por fotoassociação em amostras frias homonucleares e heteronucleares. A obtenção de tais amostras demanda que as freqüências dos lasers sejam travadas em transições atômicas, utilizando células de referências de metais alcalinos. Em geral, os lasers são travados em transições hiperfinas da linha D2 de K ou Rb em nosso laboratório. O mesmo procedimento pode ser feito para transições entre o estado excitado P da linha D2 e um estado de Rydberg. Neste projeto, realizaremos espectroscopia em uma célula de referência utilizando o efeito de transparência eletromagnética induzida entre o estado 5P3/2 e altos estados de Rydberg (35

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.