Busca avançada
Ano de início
Entree

Família Selenastraceae (Chlorococcales): avaliação de potências marcadores moleculares para DNA barcoding e para filogenia dos gêneros Monoraphidium e Ankistrodesmus

Processo: 13/18083-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Taxonomia Vegetal
Pesquisador responsável:Armando Augusto Henriques Vieira
Beneficiário:Inessa Lacativa Bagatini
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/50054-4 - Biodiversidade de microalgas de água doce: banco de germoplasma e obtenção de marcadores moleculares das espécies criopreservadas, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Marcador molecular   Algologia   Chlorophyceae   Código de barras de DNA taxonômico

Resumo

A ordem Chlorococales possui grande diversidade morfológica e representa grande parte do fitoplâncton de águas continentais. Dentro dessa ordem, a família Selenastraceae é um dos grupos de algas verdes de maior complexidade para taxonomia morfológica clássica, pois possuem grande plasticidade fenotípica, o que dificulta sua identificação em levantamentos de diversidade fitoplanctônica. Além disso, a análise de sequências do 18S rDNA mostrou que, embora as Selenastraceae sejam um grupo monofilético, as características morfológicas são ambíguas em nível de gênero e não refletem as relações filogenéticas, especialmente em Monoraphidium e Ankistrodesmus. Objetivo deste trabalho é obter uma região que possa ser utilizada como DNA barcode para Selenastraceae, testando 3 regiões possíveis, em princípio: rbcL, tufA, psbA-trnH. Além disso, pretendemos utilizar os marcadores moleculares para, em associação com resultados de outros projetos dentro do projeto temático, elucidar as relações filogenéticas do grupo, especialmente entre as espécies dos gêneros Monoraphidium e Ankistrodesmus. Os marcadores serão amplificados a partir do DNA extraído de culturas unialgais axênicas, utilizando-se primers descritos na literatura ou desenhados a partir de sequências disponíveis em bancos de dados para esse grupo. A determinação de regiões que possam ser utilizadas para DNA barcoding na família Selenastraceae facilitará a identificação das espécies, cujo número é, muito provavelmente, subestimado quando utilizada a classificação morfológica, além disso, o uso de marcadores moleculares pode auxiliar na resolução filogenética do grupo. A presente proposta será a primeira a desenvolver estudos moleculares com cepas brasileiras desse grupo de algas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, THAIS GARCIA; STENCLOVA, LENKA; PEREIRA ARCHANJO, NAIARA CAROLINA; BAGATINI, INESSA LACATIVA. Revised phylogenetic position of Nephrocytium Nageli (Sphaeropleales, Chlorophyceae), with the description of Nephrocytiaceae fam. nov. and Nephrocytium vieirae sp. nov.. Taxon, v. 70, n. 5 AUG 2021. Citações Web of Science: 0.
DOS REIS, MARIANA CAMARA; BAGATINI, INESSA LACATIVA; VIDAL, LUCIANA DE OLIVEIRA; BONNET, MARIE-PAULE; MARQUES, DAVID DA MOTTA; SARMENTO, HUGO. Spatial heterogeneity and hydrological fluctuations drive bacterioplankton community composition in an Amazon floodplain system. PLoS One, v. 14, n. 8 AUG 9 2019. Citações Web of Science: 0.
MATEUS-BARROS, ERICK; MENEGHINE, AYLAN K.; BAGATINI, INESSA LACATIVA; FERNANDES, CAMILA C.; KISHI, LUCIANO T.; VIEIRA, ARMANDO A. H.; SARMENTO, HUGO. Comparison of two DNA extraction methods widely used in aquatic microbial ecology. Journal of Microbiological Methods, v. 159, p. 12-17, APR 2019. Citações Web of Science: 0.
MORI, CILENE CRISTINA; BAGATINI, INESSA LACATIVA; DA SILVA, THAIS GARCIA; PARRISH, CHRISTOPHER CHARLES; HENRIQUES VIEIRA, ARMANDO AUGUSTO. Use of fatty acids in the chemotaxonomy of the family Selenastraceae (Sphaeropleales, Chlorophyceae). Phytochemistry, v. 151, p. 9-16, JUL 2018. Citações Web of Science: 1.
MELLO, RODRIGO V.; MECCHERI, FABRICIO S.; BAGATINI, INESSA L.; RODRIGUES-FILHO, EDSON; VIEIRA, ARMANDO A. H. MALDI-TOF MS based discrimination of coccoid green microalgae (Selenastraceae, Chlorophyta). ALGAL RESEARCH-BIOMASS BIOFUELS AND BIOPRODUCTS, v. 28, p. 151-160, DEC 2017. Citações Web of Science: 0.
DA SILVA, THAIS GARCIA; BOCK, CHRISTINA; SANT'ANNA, CELIA LEITE; BAGATINI, INESSA LACATIVA; WODNIOK, SABINA; HENRIQUES VIEIRA, ARMANDO AUGUSTO. Selenastraceae (Sphaeropleales, Chlorophyceae): rbcL, 18S rDNA and ITS-2 secondary structure enlightens traditional taxonomy, with description of two new genera, Messastrum gen. nov. and Curvastrum gen. nov.. Fottea, v. 17, n. 1, p. 1-19, 2017. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.