Busca avançada
Ano de início
Entree

Validação de processos em inventários internacionais de ciclo de vida para caracterização de energia e carbono incorporado em edificações brasileiras

Processo: 13/23452-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Vanessa Gomes da Silva
Beneficiário:Izabella Ferrari Jorge
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Tecnologia da arquitetura   Construção sustentável   Edificações   Estágios do ciclo de vida   Validação   Inventário   Tomada de decisão

Resumo

A avaliação de ciclo de vida (ACV) vem sendo preferida internacionalmente como suporte metodológico para o processo de tomada de decisões a fim de reduzir os impactos ambientais relacionados a produtos ou processos, permitindo a quantificação e qualificação dos recursos materiais e energéticos utilizados, assim como as emissões geradas nas diferentes etapas produtivas. No Brasil, as pesquisas são ainda iniciais e não há uma base dados de inventários nacionais. Para o setor da construção civil, em particular, os poucos levantamentos realizados não seguiram uma abordagem metodológica comum, o que impede comparação de resultados. Dada a escassez dos inventários, a utilização de bancos de dados internacionais se apresenta como alternativa. Entretanto, a aplicação de dados calculados em outros contextos só faz sentido se eles forem realmente muito semelhantes à situação original de aplicação. A heterogeneidade da estrutura produtiva do Brasil pode representar uma dificuldade adicional para a aplicação de dados internacionais e exige o desenvolvimento de um método de validação. A partir da análise detalhada e comparação de processos produtivos estrategicamente selecionados, este trabalho visa desenvolver marcadores que descrevam o nível de semelhança entre processos internacionais e nacionais e, consequentemente, sua adequação a estudos no Brasil.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: