Busca avançada
Ano de início
Entree

Filmes finos de PVP dopados com complexos de terras raras e nanopartículas de prata para aplicação em marcação biológica e sensores ópticos

Processo: 15/23251-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2016
Vigência (Término): 31 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Maria Claudia França da Cunha Felinto
Beneficiário:Luana dos Anjos Souza
Instituição-sede: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Terras raras   Materiais nanoestruturados   Nanopartículas de prata   Filmes finos   Filmes poliméricos   Sensores ópticos   Biomarcadores   Raios ultravioleta   Propriedades físico-químicas   Espectroscopia de absorção atômica

Resumo

O projeto visa à preparação de filmes poliméricos de Polivinilpirrolidona (PVP), dopados com diferentes concentrações de complexos de íons Terra Rara (TR3+) e nanopartículas de prata (NPs Ag), para aplicações como marcadores biológicos e sensores ópticos. Em uma primeira etapa serão preparados complexos de TR3+ e posteriormente estes complexos serão caracterizados usando-se analises comumente utilizadas para caracterização de compostos de terras raras: análise elementar de C,H,N,S; determinação complexométrica dos íons TR3+, DRX e IV, TGA/ DTGA, estudos espectroscópicos de luminescência (excitação/emissão), para caracterizar suas propriedades físico-químicas. Posteriormente em uma segunda etapa do plano de trabalho, filmes de PVP dopados com os complexos de TR3+ serão sintetizados e reticulados com radiação UV-C (em 254 nm). Para verificar o comportamento das propriedades, destes filmes serão realizadas as análises já citadas para os complexos e espectroscopia de absorção na região do UV- Vis, e estudo do grau de intumescimento e perda de massa. Em uma terceira etapa do projeto filmes de PVP dopados com complexos de TR3+ e NPsAg, pela adição de AgNO3 serão sintetizados e submetidos à radiação UV-C para a redução dos íons Ag+ e reticulação do polímero. Além das caracterizações previamente descritas também será feita TEM para avaliar as distâncias entre os pontos de prata e o tamanho destas partículas. Com esse estudo pretende-se avaliar a influência do efeito plasmon na PL característica dos complexos de TR3+ e verificar se há alteração na formação da NPsAg e reticulação dos filmes de PVP, quando esse possui em sua estrutura o complexo de TR3+. Ressalta-se que ainda não há na literatura resultados de pesquisas que unam todos os estudos de interesse desse projeto.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)