Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e aprimoramento da experiência de usuário e imersão dos mini-jogos adaptativos, baseados em treinos e testes cognitivos

Processo: 17/00935-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Leandro Agostini Do Amaral
Beneficiário:Felipe Padula Sanches
Empresa:Aptor Consultoria e Desenvolvimento de Software Ltda. - ME
Vinculado ao auxílio:16/01009-0 - Ambiente lúdico adaptativo como ferramenta para proporcionar treinamento cognitivo ao público senescente, AP.PIPE
Assunto(s):Acessibilidade   Idosos   Jogos   Aptidão cognitiva   Interação usuário-computador   Plataforma (computação)

Resumo

A população idosa no Brasil, assim como em outros países, está em franco processo decrescimento. Dados do IBGE (2014) mostraram que o número de pessoas idosas deverá triplicar nos próximos 20 anos. Pesquisas sobre o desenvolvimento cognitivo e motor dessa população têm recebido importante destaque, visto que transformações nesses aspectos são usualmente esperadas durante o processo de envelhecimento. Estudos sugerem que jogos digitais têm demonstrado desdobramentos positivos no que se refere à cognição, ao convívio social e à qualidade de vida dos idosos. Para Souza e Trevisan (2014, apud Vasconcelos, 2012), os idosos representam potenciais usuários de jogos digitais, têm interesse e sentem-se motivados a consumir jogos que não exijam muito esforço para serem completados, focados em relaxamento e diversão. Assim, considera-se justificável o pedido de uma bolsa TT3 para o desenvolvimento de uma plataforma, voltada ao idoso, contendo jogos com temáticas próprias, adaptáveis (calibráveis do ponto de vista da mecânica e da dificuldade em completar o desafio) e acessíveis (proporcionando uma boa experiência de usuário, seguindo as recomendações especificadas nas diretrizes W3C, e com desenvolvimento centrado no usuário.) (AU)