Busca avançada
Ano de início
Entree

Efetividade do Método Pilates modificado versus exercício aeróbico no tratamento de pacientes com dor crônica: estudo controlado aleatorizado

Processo: 17/01525-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 05 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Cristina Maria Nunes Cabral
Beneficiário:Yuri Rafael dos Santos Franco
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão. Universidade Cidade de São Paulo (UNICID). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/12962-0 - Efetividade do Método Pilates modificado versus exercício aeróbico no tratamento de pacientes com dor crônica: estudo controlado aleatorizado, AP.R
Assunto(s):Exercício físico   Treinamento aeróbio   Pilates   Fibromialgia   Dor crônica   Dor lombar   Ensaio clínico controlado aleatório

Resumo

Cerca de metade da população adulta sofre com dor crônica, como a fibromialgia e dor lombar crônica. Essas condições apresentam alta prevalência e respondem bem ao exercício físico como tratamento, sendo o método Pilates modificado uma boa opção de tratamento para esses pacientes. Objetivo: Avaliar a efetividade dos exercícios do método Pilates modificado em comparação com os exercícios aeróbicos no tratamento de pacientes com fibromialgia e idosos com dor lombar crônica não específica. Métodos: Este projeto contém dois estudos individuais, com avaliação realizada por um avaliador cego no baseline, oito semanas e seis meses após a aleatorização: Estudo 1) 98 pacientes com fibromialgia serão incluídos e os desfechos avaliados serão impacto da fibromialgia, intensidade da dor, cinesiofobia, qualidade de vida e incapacidade específica; e Estudo 2) 74 pacientes idosos com dor lombar crônica não específica serão incluídos e os desfechos avaliados serão intensidade da dor, incapacidade geral, impressão global de melhora, incapacidade específica, equilíbrio dinâmico, força dos músculos do quadril e limiar de dor por pressão. Em ambos os estudos, os participantes serão aleatoriamente divididos em Grupo Aeróbico (exercícios aeróbicos realizados em esteiras e/ou bicicletas estacionárias) e Grupo Pilates. Os pacientes serão tratados duas vezes por semana durante oito semanas. Resultados esperados: Espera-se que os exercícios do método Pilates sejam tão eficazes quanto os exercícios aeróbicos, que já o Pilates é considerado uma intervenção eficaz para a condição clínica desses pacientes. Assim, os resultados desses estudos contribuirão com estimativas mais precisas sobre os efeitos terapêuticos dos exercícios baseados no método Pilates. (AU)